Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
#FocoForçaeFé
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

"Considere como é difícil modificar a si mesmo e você entenderá quão pouca chance tem ao tentar modificar outras pessoas." - Jacob M. Braude

"Seja em você a mudança que quer para o mundo" - Ghandi´

Aos preconceituosos e aos piadistas, sugiro que olhem para si mesmos antes de julgarem os outros... Quem aponta um dedo para alguém, aponta três para si mesmo.


Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.
DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA - POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO ABAIXO...
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e alteradas com programa de edição de imagem.

PARA MEDITAR...

"OS HOMENS PASSAM, A OBRA PERMANECE!"

"GARIMPANDO AMIZADES:
PERDI MUITOS DIAMANTES ENQUANTO OCUPADO GARIMPAVA NO MEIO DE FALSAS PEDRAS PRECIOSAS."

"NÃO ME IMPORTO COM O QUE OS OUTROS PENSAM DE MIM. IMPORTO-ME COM O QUE EU PENSO E COM O QUE FAÇO. EIS UMA DAS CARACTERÍSTICAS DO MEU CARÁTER."

"NINGUÉM É OBRIGADO A GOSTAR DE ALGUÉM, MAS EXISTE UMA COISA QUE SE CHAMA: RESPEITO!"
Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços e valores. Reviravoltas. Ficamos surpresos... Às vezes, no caminho um pensamento nos faz dizer: -"Este é o pior momento da minha vida". Mas quer saber ? No final do caminho, das diversidades mais difíceis, o que não nos mata - nos torna mais forte.
Agora as diversidades não importam. Eis o dilema! A vida é uma jornada e não um aleatório destino. Egresso da Baixada Fluminense... Ex-Marujo...
De bem com a vida - acordado e energizado - faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens. Quem renega as suas origens, nega a si mesmo.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!


sexta-feira, 28 de março de 2008

quarta-feira, 26 de março de 2008

PIPAS COLORIDAS...





Como se fossem pipas coloridas...
dou asas às lembranças...
Não esqueci os tempos dos meus ontens...
Ao ouvir os solfejos da maré: minha face se acriançola...
Recordar é dar vida ao silêncio... é viajar pelo pretérito...
Há pedaços de ontem na lembrança...
Me sinto livre como um vento sem pressa...
Descubro que o longe fica a uma curva além do quase perto...
Ainda bebo na garrafa da esperança...


terça-feira, 25 de março de 2008

O AMOR NÃO É BANAL.

O amor nos tempos modernos
está sendo distorcido.
Ele existe e é o ingrediente
mais importante
da mágica felicidade a dois.
O amor não é banal.
A única banalidade do amor, é não amar!!!!

domingo, 23 de março de 2008

quinta-feira, 20 de março de 2008

UM SONHO

Não basta fazer o melhor... Acredito que uma pessoa só pode se sentir completamente realizada quando tem oportunidade de exercitar o compartilhar com seus pares. Essa crença foi e continua sendo a minha maior motivação de vida... Busco sempre valorizar as ações das pessoas com quem mantenho contato... Antes porém que qualquer conceito possa ser emitido com base nesta declaração, permito-me destacar que nos meus tempos de trabalho ativo procurei pautar os meus atos e gestos na máxima de Confúcio:
"Trata teus superiores sem lisonja e teus subalternos sem desprezo".
Posicionamento que rendeu alguns embaraços funcionais... E continua rendendo... Afinal sempre que a oportunidade se apresenta fico do lado dos "excluídos".
Encontramos na da Constituição da República Federativa do Brasil no Art. 5º:
"Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade..."
Exercitar a cidadania, respeitar direitos e a dignidade humana, em verdade, às vezes é um grande sonho ou um projeto irrealizável. A realidade da vida é bem diferente do sonho. Muito diferente daquele sonho retratado por Casimiro de Abreu em "OBRAS":
"O mundo um sonho dourado. A vida um hino d'amor".
O sistema social é frio... Não tem sentimento... Para fazer um sonho tornar-se realidade não considere tão somente a capacidade física, há de ter-se vontade indomável... Há de saber ousar e, infelizmente, ser até "oportunista". O vocábulo "oportunista" é aqui aplicado como parte integrante do sistema político em que a tática principal é a acomodação às circunstâncias, uma transigência adequada nos fatos e acontecimentos momentâneos, para a consecução de alguns objetivos.
A realização de um ideal passa pela página de um sonho... Pelo flertar com o silêncio... Com situações fantasiosas e outras regressivas de comportamento... Será que tudo pode ser considerado como reflexo de dedicação, persistência e ação? Dependendo de suas próprias convicções. Sim. Mas a realização poderá contar, também, com uma pequena dosagem de sorte, predefinição do destino et cetera
Como, na maioria das vezes, os nossos atos detêm um percentual de "interesse", podemos dizer que o pequeno ajuda o pequeno e o grande só ajuda o grande... Houvesse inversão nos relacionamentos... Muitos sonhos seriam realidade... Deixando de lado qualquer tendência ao aforismo, sem sombra de dúvidas, o início está em você...

('•.¸(`'•.¸ ¸.•'´)¸.•')
«`'• Você vê coisas e diz: por quê?
(.•'´(¸.•'´ Mas eu sonho coisas que existiram e digo:
(.•'´Por que não?
George Bernard Shaw•'´»

A INVEJA

(A inveja, conforme Sebastián de Covarrubias, gravura século 16) - Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
<<<<<<< >>>>>>>
No transcurso da vida, muitas vezes, tomados pelo ciúme, revelamos nossas frustações ante o sucesso dos bem-sucedidos sem analisarmos os seus reais méritos que, certamente, foram conquistados com esforços, sacrifícios, renúncias e muita determinação.

Invejamos a fortuna alheia, mesmo desconhecendo a sua origem, porque ela nos deprime, faz-nos sentirmos impotentes e incapazes.

Invejamos aqueles que se sobressaem nas artes, nos esportes, nas profissões ou em quaisquer segmentos da sociedade porque enxergamos apenas o momento da glória, o apogeu efêmero que, em curto espaço de tempo, será mais um registro de façanha, e esquecemo-nos das horas intermináveis de ensaios, treinamentos exaustivos e das horas de lazerde estudos dos dinâmicos funcujonários aspirantes a altos cargos nas empresas.

O pior caminho é a inveja.

(Transcrito de www.momento.com.br)
<<<<<<<>>>>>>>
Frases curta sobre a inveja:
A censura é o imposto da inveja sobre o mérito. Laurence Sterne
Ninguém é realmente digno de inveja, e tantos são dignos de lástima! Arthur Schopenhauer
A inveja vê sempre tudo com lentes de aumento que transformam pequenas coisas em grandiosas, anões em gigantes, indícios em certezas. Miguel Cervantes
A inveja é assim tão magra e pálida porque morde e não come. Francisco Quevedo
Evitamos a inveja se guardarmos as alegrias para nós próprios. Séneca
A inveja e assim tão magra e palida porque morde e não come. Francisco Quevedo

quarta-feira, 19 de março de 2008

A VIRTUDE DO SILÊNCIO

Alguns seres humanos não aprenderam a virtude do silêncio. Basta que duas ou mais pessoas de reúnam em conversa para que, instanes depois, já estejam a dizer mal de alguém.
O curioso é que poucas pessoas têm pressa em divulgar notícias sérias, sobre assunto de relevante interesse para a humanidade, mas disputamos a primazia de passar adiante fatos desagradáveis, deprimentes ou que possam provicar escândalo!
Assim, antes de falar, aconselha um sábio: "tende o cuidado de examinar se aquilo que ides dizer satisfaz aos três requisitos:
- ser verdadeiro,
- ser agradável e
- ser animador.
Caso contrário, melhor ficar calado".
Eis outras considerações sobre o silêncio:
O exercício do silêncio é tão importante quanto a prática da palavra. (William James)

Depois do silêncio, o que mais se aproxima de expressar o inexprimível é a música. (Aldous Huxley)

Cada gota de silêncio é chance para que um fruto venha a amadurecer. (Paulo Valéry)

Há pessoas silenciosas que são muito mais interessantes que os melhores oradores. (Benjamin Disraeli)

Silêncio é a virtude dos tolos. (Francis Bacon)

O silêncio é um espião. (Mário Quintana)

A necessidade cada vez mais aguda de ruído só se explica pela necessidade de sufocar alguma coisa. (K. Lorenz)

O silêncio que aceita o mérito como a coisa mais natural do mundo constitui o mais retumbante aplauso. (Ralph Waldo Emerson)

Em determinadas situações, o silêncio é a melhor resposta. (Ramalho Campelo)

VOLTEI!

Voltei!

Vou dar-te dengos
Chega de exigir
Voltei prá ficar!

sábado, 15 de março de 2008

SOU O QUE SOU!

Sou o que sou, por mais que tentem,
ninguém mudará esta verdade.
Mudar o meu interior!
Nem com chantagens, trapaças ou agressões.
Por favor, não tentem mudar a minha índole ou minha maneira de ser e agir!
Sou o que sou!

quarta-feira, 12 de março de 2008

ALEGRIA

És a flor... cinda dos céus
És a flor... que me irradia
És a chama... que me dá calor
És muito mais!
És meu sonho e quimera...
És a minha fada...
Sou teu bruxo e mago
É preciso crer!

É preciso crer...
Nas confidências e juras
Nestes versos porejam sentimentos
É preciso crer...
És a felicidade perene!
És a alegria... que me anima

sexta-feira, 7 de março de 2008

BELEZA


Beleza

Do outro lado
só flores
Que beleza!






EXISTE...


EXISTE
Existe palavras que não dizem nada;
Existe silêncio que vale mais do que mil palavras;
Existe momentos que nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;
Existe gestos que nos iluminar como uma luz em nosso caminho;
Existe toques que nos estremece o coração e nos acorda para a vida;
Existe exemplos que nos fazem acreditar em pessoas especiais como você.
by CHA
Carlos Henriques de Araújo
Membro da UBE-PI

quarta-feira, 5 de março de 2008

SENSAÇÕES E EMOÇÕES...

Quando escrevo, nada faço organizado. Tudo vai acontecendo... Não há programação. Escrevo sem pretensão literária. É uma necessidade de externar as sensações e emoções que me causam angústia: nada claro ou explícito, normalmente, uso a metáfora.
São escritos repletos de imperfeições que ao caírem na rede se transformam em obra pública.

segunda-feira, 3 de março de 2008

ATENDENDO UM LEITOR... E PROVOCANDO OUTROS...

Em atenção e respondendo ao Sr. Armando Mandarin-Leme-rio que , quando comentou o artigo DIA INTERNACIONAL DO MAÇOM, publicado no Portal Mhário Loncoln em http://mhariolincoln.jor.br/, escreveu:
"Conheço a lavra de Elvandro. Será que ele tá com preguiça de continuar produzindo aqueles textos do começo do portal onde ele causava polêmica?Vamu lá, cabra. Volte a mostrar sua verve. Preguiça tem hora. (Brincadeira, meu chefe)."
26/02/08"
<<<<<<<>>>>>>>
Faço coroas de margaridas e enfeito a minha cabeça. Nesta linguagem simbólica a ordem das palavras que se seguem não alterará o produto final. Talvez aí resida a grande tentativa de fazer a minha vida bonita ou de fazer "bonitaça" a minha vida. Nunca esqueço de que a vida se tornaria insuportável senão proporcionasse mudanças. Cumpro alguns padrões impostos pela sociedade; em outros prefiro ousar... minhas roupas esporte são "modernas". Ou seja atendem aos apelos da sociedade de consumo (chamam atenção pela suas cores e estilo). Foi-se o tempo em que eu estava preocupado com as possíveis definições que me seriam imputadas. Eu existo! Já é um manifesto. Para aqueles que, nesta altura, queiram assacar contra mim, a expressão: "septuagenário assanhado ou velho caquético". Declaro que estou acordado, vivo e energizado... E que, ainda, como heterossexual, transo muito bem a minha sexualidade.
Muitas das vezes, ponho-me a rir das besteiras que faço. Entendo que a vida não dá nem empresta... Não se comove e nem se apieda... Tudo que faz é retribuir. Não lembro o autor e nem onde li: "O talento educa-se na calma. O caráter no tumulto da vida."
Alguém poderá dizer que o ser humano não tem jeito. Direi: - Defeito do sistema ou do ser humano. E, muito embora nos defrontemos com um complexo sistema social, dispomos de informação e tecnologia que nos habilitam dominar a complexidade do mundo moderno. Será utopia acreditar em um mundo: sem brigas e violência, sem hipócritas, sem pérfidos, sem fraudadores, sem déspotas, sem usurpadores, etc etc Será que acreditar em um mundo melhor é gastar imaginação. Digo que o mundo está melhor. Pode não ser o melhor... mas está melhor... Ou o leitor discorda?
Derrube as cercas das opiniões alheias. O que interessa não é a embalagem e sim o conteúdo. Infelizmente, o que vemos é cada vez mais não é preciso ser, basta parecer ser. Antes que alguém reaja, com qualquer argumento. Permito-me provocá-lo com o seguinte comentário:
- O egoísta sofre da síndrome do escorpião, mesmo praticando uma boa ação, não deixa de dar a sua picada venenosa, isto é, de tratar só dos seus interesses e não prescindir de suas comodidades. O egoísmo debilita a energia física e enfraquece a moral.
No mundo atual sobreviver na linha de encontro da moral e da ética é um desafio. Todo dia um grande desafio... Tanto maior quando vivemos numa sociedade globalizada e em crise de valores morais e éticos que valoriza o ter em detrimento do ser.
Chegamos a um ponto tal que confiar em alguém, ser solidário, tornou-se perigoso e, dependendo das circunstâncias até fatal. Num país de flagrantes desigualdades, com tantos excluídos, às vezes tenho a sensação de que existem dois "brasis": um (onde a justiça é cumprida). Outro (onde o que é proibido é constantemente feito... numa sucessão de escândalos envolvendo o dinheiro público, de ações lesivas ao cidadão e ninguém faz nada). O que fazer né! Cada povo tem o governo que merece. E viva o Brasil! Campeão de futebol. Terra do espetáculo (Carnaval) que encanta a gregos e troianos. Neste turbilhão os anestesiados pela cerveja (outra favorita de muitos brasileiros), tal um peru de véspera, que paguem a conta de tantos desmandos. Para os conscientes dos seus deveres e obrigações somente recorrendo à composição do Mc Créu, autor da música "Dança do Créu": "créu!!! créu!!! créu!!! créu!!! créu!!! Vãobora que vamos! Vãobora que vamos!
Se alguém rouba ou furta um pão para saciar a fome é preso em flagrante. Por outro lado, isto é, no outro "brasil" grassa a inculpação. Será que as filigranas jurídicas têm razões que a razão desconhece? Sinceramente, neste fogo cruzado eu me sinto um verdadeiro otário por tentar cumprir as leis... Cumpro por ter certeza de que no dia em que eu "pisar na bola..." a justiça será implacável.
Conclusão: - Hoje em dia somos uma coleção de pequenos pontos que precisam ser juntados, e examinados, um a um. Parece que vivemos ou somos hóspedes ou locatários de uma grande "Torre de Babel", onde cada um é cada um ou, como se diz, cada caso é um caso. Salve-se quem puder!!!!!!
Comentários muito doidos e sem nexo? Mas convenhamos encerram certa realidade. Correto? Ou o leitor discorda?
<<<<<<<>>>>>>>
Este artigo, também, foi publicado no Portal http://www.mhariolincoln.jor.br/
e recebeu os seguintes comentários:
Xexéu das tretas: "Mas rapaz, tu és dos meus. Que comentário-artigo de dentro do peito. Parabéns, ontem, hoje e amanhã. A juventude é um estadod e espírito, já disse alguem (só nào lembro quem)."
Carla Kim: "Muito bacana. Como se diz agora: IRADO."
Maria das Graças Ramos: "O que eu gosto mesmo no Elvandro é a atitude. Na dele, sempre. É isso aí ."
Ruth Vianna Campos: "Oi! Isto é que é ser cabeça boa. O mais é conversa fiada.Meu jovem Elvandro você é simplesmente um IRADO SEPTUAGENÁRIO.Concordo em genero número e grau contigo."
Paulo César Martins de Oliveira: "Elvandro deixe a preguiça bem longe e volte a escrever com mais frequência. Gosto dos teus escritos pelo ecletismo dos temas.Gostaria de discordar. Mas, infelizmente, não dá. Faço parte dos idiotas conscientes dos seus deveres e obrigações. Portanto, impossível deixar de concordar contigo e recorrer à composição do Mc Créu, autor da música "Dança do Créu": "créu!!! créu!!! créu!!! créu!!! créu!!! Vãobora que vamos! Vãobora que vamos!Parabéns ao Editor pela postagem."
Patrícia Braga: "Égua!Adorei o artigo. Destaco "- O egoísta sofre da síndrome do escorpião, mesmo praticando uma boa ação, não deixa de dar a sua picada venenosa, isto é, de tratar só dos seus interesses e não prescindir de suas comodidades. O egoísmo debilita a energia física e enfraquece a moral.No mundo atual sobreviver na linha de encontro da moral e da ética é um desafio. Todo dia um grande desafio... Tanto maior quando vivemos numa sociedade globalizada e em crise de valores morais e éticos que valoriza o ter em detrimento do ser."Bah! Aqui na minha cidade tem escorpião por demais.
Ivo Campelo: "É isso aí Elvandro."
Cileny Gomes da Costa: "O retrata uma realidade que alguns preferem empurrar para debaixo do tapete da consciência. Afinal viver é a coisa mais rara no mundo atual. A maioria das pessoas apenas existem.Tal qual Maria das Graças, o que eu gosto mesmo no Elvandro é a atitude. Outra coisa, o teu despojado estilo de vestir em nada te diminue ou ridiculariza. Vi as fotos quando da visita do Mhário ao Rio e gostei.Em linhas gerais concordo com o que escreveste. Realmente, tem muita hipocrisia campeando por aí. Beijossssss"
Xisto: "PÔ, cara, tá bombando.Tô na tua, saca! Nada de baldiação. Tudo em cima. Cabrito bom não berra! Tá em cima! Fica na tua que atrás vem gente. Nada de rebordosa. Toma tua dose diária de otimismo e manda o resto pra PQP.Saco esses mané de pijama enrolado em toalha dando canja. PÔ, sai fora. Velho cheio de mania é f... Manda bala, nego. Não te abaixa. Cabeça pro alto, peito pra fora!TÔ na tua, embolado que nem cobra com medo. Tô assinando em baixo, negão."
Alessandra Leles Rocha: "Caríssimo amigo,parabéns!!! Mais um daqueles textos para gente tirar o chapéu!!!Abraços,Alessandra L. Rocha."
Renato Cardoso Marinho: "Cara! Que gol de placa. Elvandro você rebentou. Não tenho o que contra-argumentar. Tiro na mosca.Abração."
Caetana Campos: "Valeu Elvandro. Muito bacana Caetana Camposa estrela cadenteme caiu ainda quentena palma da mão Paulo Leminski."
Fernando da Fonseca Pires: "Escreveu bem. Definiu a situação bem. Tá sacramentado.Um povo que valoriza seus privigélios acima dos seus princípios, cedo perde os dois. Eisenhower "
Osvaldo Pereira Rocha: "Muito bom, meu confrade e amigo Elvandro de Azevedo Burity. Aliás, como sempre. Efetivamente, a vida monótona é insuprotável! Parabéns, mais uma vez, ilustre confrade do IHGM!!!"
05/03/08 05/03/08
Mariana Rodrigues: "Oi Elvandro, você é o máximo em sinceridade. Muito bem."
Irany Santos de Souza: "Parabéns,Burity pelo seu ótimo artigo. Nós que o conhecemos há mais de 50 anos e convivemos em serviço grande parte desses anos, não poderia esperar outra coisa de você, Um grande abraço e continue mantendo seus escritos para o nosso deleite."
Ândrei Clauhs: "Prezado Irmão e Amigo.:É isso aí. O Brasil são esses brasis que vc descreveu, e é por isso que acredito nessa Nação, ainda jovem, de pouco mais de 500 anos...sabe por quê? Porque há Elvandros, Iranys, Marianas, Osvaldos, Fernandos, Caetanas, Renatos, Alessandras, Xistos, Ivos, Cylenes, Patrícias, Paulos, Ruths, Marias, Carlas, Xexéus e Mhários Lincoln, brasileiros com consciência crítica de seu dever e de seu espaço no crescimento do País, pouco importando se vestem terno, calças despojadas ou simplesmente bermudas bem transadas. Parabéns. Abraços tríplices."
Baltazar de Almeida Júnior: "Tenho lido os artigos escritos pelo Elvandro e, decididamente, tenho que concordar com Julián Mariás, filósofo espanhol, autor da Antropologia Metafísica e A Felicidade Humana:"Cada pessoa tem um traço principal, em torno do qual se organiza o cojunto de sua personalidade."Realmente, a sua independência no pensar e escrever, as suas atitudes e decisões são algo contagiantes. A sua sinceridade nos comentários deixados em artigos de outros autores é algo impressivo.Parabéns!!!! Quero mais!!!! "
Amanda Dantas: "Não fosse o Armando Mandarin-Leme-rio catucar o Elvandro não teríamos nos deliciado com o presente artigo.Elvandro, não desapareça não! Preguiça tem hora.Dignidade e independência sempre!Gostei do conteúdo."
Juliana Nunes: "Delícia de artigo."
Carlos Henriques de Araújo: "Meu caro Elvandro.Você nos faz acreditar que vida é bela e que viver vale a pena. Que não morremos enquanto nossas idéias continuarem semeando a paz, o amor e a liberdade. Parabéns pelo belíssimo texto. Ele é uma ressonância magnética do nosso cotidiano e nos mostra as mazelas políticas, as vicissitudes da vida e as incoerências da natureza humana. Este pequeno poema (feito de improviso) encerra meu comentário, e será publicado no meu próximo livro.EXISTE Existe palavras que não dizem nada;Existe silencio que vale mais do que mil palavras;Existe momentos que nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;Existe gestos que nos iluminar como uma luz em nosso caminho;Existe toques que nos estremece o coração e nos acorda para a vida;Existe exemplos que nos fazem acreditar em pessoas especiais como você.by CHA "

sábado, 1 de março de 2008

O GRITO DO ÁGUIA DE HAIA...

O Grito do Águia de Haia, em que pese hoje completarmos 85 anos de seu falecimento, continua ecoando...

******************************

O Grito do Águia de Haia.

(Autor Rui Barbosa*)


"A injustiça desanima o trabalho, a honestidade, o bem; cresta em flor os espíritos dos moços, semeia no coração das gerações que vêm nascendo a semente da podridão, habitua os homens a não acreditar senão na estrela, na fortuna, no acaso, na loteria da sorte, promove a desonestidade, promove a venalidade, promove a relaxação, insufla a cortesania, a baixeza, sob todas as formas.
De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto."

(*) Rui Barbosa, advogado, diplomata, ensaísta, jornalista, jurista, orador, político e tribuno brasileiro. Rui Barbosa de Oliveira, Águia de Haia, nasceu em 5 de novembro de 1849 em Salvador, Bahia. Faleceu em 1º de março de 1923.