Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!



sábado, 30 de março de 2013

CURIOSIDADE...

 
No seu início, no século XIX, o TANGO era dançado por dois homens, daí o fato dos rosto virados, sem se fitar, como é o Sirtaki, dança tradicional grega.
 
 
Levou mais de 20 anos até que o TANGO fosse dançado com uma mulher, isto é, a partir de 1910.

O link do vídeo é uma obra de arte.
 

quinta-feira, 28 de março de 2013

PÀSCOA...

Na Páscoa lembre-se de escolher as coisas boas... e levá-las para o resto da vida...

~⌂~⌂~
 
Quando superar ols problemas de relacionamento, não se detenha na lem,brança dos momentos difíceis - mas da alegria de haver atravessado mais uma prova em sua vida.
 
Quando escapar de um cidente, não fique pensando no trauma que ele causou - mas no milagre que lhe ajudou sair ileso.
 
Quando sair de um tratamento de saúde - não pense no sofrimento que foi necessário enfrentar - mas na bênção de Deus que permitiu a cura.
 
Leve em sua memória, para o resto da vida, as coisas boas que surgiram no meio de tantas dificuldades."

(Adaptado do texto original psicografado por Chico Xavier)
 
~⌂~⌂~
 
 
 
 


segunda-feira, 18 de março de 2013

ALERTA

13/03/2013 17:27:49

Países em desenvolvimento perdem US$ 8,4 trilhões por causa da corrupção

Eleutério Guevane, da Rádio ONU
A Alta comissária da ONU para os Direitos Humanos, Navi Pillay, afirmou que os países em desenvolvimento perdem todos os anos US$ 8,44 trilhões, o equivalente a R$ 16,8 trilhões, por causa da corrupção.
Segundo Pillay, esse valor é 10 vezes maior do que toda a ajuda externa recebida por essas nações. Os dados correspondem aos atos registrados entre 2000 e 2009.
A alta comissária disse ainda que o dinheiro desviado anualmente através da corrupção é suficiente para alimentar 80 vezes as pessoas que passam fome no mundo.
Fome
No pronunciamento, feito num Painel de Alto Nível sobre a Corrupção, a representante declarou ainda que cerca de 870 milhões de pessoas dormem diariamente com fome. A maioria é composta por crianças, cujos direitos à alimentação e à vida são negados devido a essa prática.
Pillay identificou o suborno e o roubo como fatores que provocam o aumento dos custos totais de projetos de fornecimento de água potável e saneamento em até 40% a nível global.
Educação
De acordo com a alta comissária, o dinheiro desviado dos cofres públicos poderia ser investido para atender às necessidades de desenvolvimento, tirar as pessoas da pobreza e proporcionar educação às crianças.
Navi Pillay disse que não há dúvidas de que a corrupção é um enorme obstáculo para se concretizar todos os direitos humanos, entre eles, o desenvolvimento humano e os direitos civis, políticos, econômicos, sociais e culturais.
Ela enfatizou que a corrupção atinge primeiro e com maior força as pessoas mais pobres.
Cargos Públicos
Pillay afirmou que a corrupção viola os princípios fundamentais dos direitos humanos de transparência, da prestação de contas, da não discriminação e da participação significativa em todos os aspectos da vida comunitária.
O fenômeno é visto como um problema global e não restrito a países, regiões, sociedades ou tradições. Além de cargos públicos, Pillay apontou a presença da corrupção em áreas incluindo as empresas e até mesmo nos esportes.
Austeridade
Para períodos de austeridade, devido às crises econômica e financeira, Pillay apelou para a gestão transparente e responsável de fundos públicos. Ela também pediu que não haja expectativas de absorção das medidas de austeridade pelos pobres e marginalizados.
Pillay terminou o pronunciamento recomendando que seja dada uma resposta multifacetada à corrupção devido ao impacto sobre o desenvolvimento e os direitos humanos.
(Rádio ONU)

sexta-feira, 15 de março de 2013

DIA NACIONAL DA POESIA

 
 
 
 
 
Poesia é quase um sinônimo de beleza, de estética.
O céu azul é lindo, podemos dizer que o céu azul é poético.
A poesia  transforma emoções,
descreve encantamentos
extravasa sentimentos.

quinta-feira, 14 de março de 2013

QUAL O EXEMPLO QUE ALGUNS SÃO...

Após a publicação da matéria abordando o BATIZADO, recebi algumas manifestações que corroboram para o fato de que o mundo mudou... É impossível  que a educação/orientação a uma criança seja feita com maus tratos e sem dignificantes exemplos de cristandade. Inclusive, recebi o  link:
 
"Casa de pais, escola de filhos." http://www.youtube.com/watch?v=VARyYOMZFq8
 
Link que me estimulou pesquisar o assunto. Resultado? Encontrei o link:
 
Após assisti-lo, confesso que o pensamento viajou no tempo e no espaço... Para trazer à minha mente o fato de que durante muitos dias do século passado a educação era na base da truculência.
 
Hoje, paro e penso: - A instituição do Estatuto do Jovem e do Adolescente (que precisa ser reformulado em alguns pontos), sem sombra de dúvidas proporcionou que o  trato  com jovens e adolescentes melhorasse: - Pai ou mãe que trata um filho na base da "porrada" está sujeito às sanções da Lei. Qual a Lei? É a de número 8.069, de 13 de julho de 1990, que em seu art. 5º estabelece que: Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos fundamentais.
E aqui, permito-me parar e  pensar: - Ave!!!!! No meu tempo se existisse a Lei nº 8.069  muitos pais seriam, devidamente, "enquadrados".
 
Uma outra Lei que veio dar um freio em agressões, já agora contra a mulher quando ocorridas no âmbito doméstico ou família foi a de número 11.340, conhecida como Lei Maria da Penha, decretada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo então Presidente Lula. Sancionada no dia 7 de agosto de 2006, entrou em vigor no dia 22 de setembro de 2006 e já no dia seguinte um agressor de mulher foi preso após tentar estrangular a ex-esposa.
 
Em entrevista datada de 26/02/2008 - Lula disse: "Se porrada educasse, bandido saía da cadeia santo."
 
Também, encontrei matéria publicada no link:

 
que entendo como pertinente e que quiçá possa servir de meditação para os partidários da truculência.
 
 
Seg, 29 de Junho de 2009

Filhos: eles aprendem com os exemplos dos pais

O que pais mais desejam é criar filhos saudáveis e bem-sucedidos. Mas como conseguir isso se o filho nota que seus pais se descontrolam, brigam, contam "pequenas" mentiras, não mostram amor o próximo, falam da vida alheia, entre outros maus exemplos? Muitos se esquecem de que estão diante de uma pequenina plateia, atenta a cada movimento, e que seus olhares são os de futuros adultos, que utilizarão estes exemplos para inspirar atitudes e condutas diante da vida. Então, que instrução os pais realmente estão passando aos filhos?

Criar filhos não é nada fácil, principalmente em um mundo onde todas as informações, sobre todos os assuntos, estão disponíveis para o conhecimento de qualquer pessoa nos meios de comunicação. Onde o tempo que deveria ser gasto com o ensinamento aos filhos é substituído por horas em frente à televisão ou internet, ou até mesmo pelos compromissos profissionais e afazeres domésticos.

Em I Coríntios 11.1, Paulo diz à igreja: "Tornem-se meus imitadores, como eu sou de Cristo". A Palavra foi dirigida à igreja do Senhor, mas poderia ser aplicada dentro do lar, para pais e filhos. Paulo quis dizer que ele era exemplo de uma pessoa que obedecia a Deus e orientou a igreja a que o seguisse. Mas será que os pais estão sendo exemplo para os filhos, mantendo a coerência e evitando o "faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço"? Quando Deus instituiu a família, como mostra Gênesis 1 e 2, Ele disse que não é bom que o homem esteja só, ou seja, suas necessidades devem ser supridas no contexto familiar. Portanto, a família é uma instituição idealizada por Deus para fornecer ao homem e à mulher amor incondicional, desejando que ela fosse um "laboratório" dos filhos para a vida e que os criasse "na disciplina e na admoestação do Senhor" (Efésios 1.4). É aos pais que é dada a grande responsabilidade: "Ensina a criança no caminho em que deve andar. E, ainda quando for velho, não se desviará dele", exorta Provérbios 22.6.

Uma orientação clara, que, segundo o pastor José Lima, titular da Primeira Igreja Presbiteriana em Vila Velha, constitui-se em um conselho precioso. "É imperioso que os pais se voltem o mais depressa possível para os ensinamentos que a Bíblia contém sobre a família", afirma ele.

O pastor destaca que os pais devem acompanhar o crescimento dos filhos. "Recordemos o que aconteceu com Ana, mãe de Samuel, quando, no seu pedido ao Senhor, dedicou seu filho aos cuidados do Todo-Poderoso, certa de que, enquanto ele vivesse, pertenceria ao Senhor (I Samuel 1.26-28). Além de cumprir o voto de entregar o menino para o sacerdote, Ana acompanhava o crescimento do rapaz, mesmo à distância, indo anualmente visitá-lo (2.19)".

Lima explica que os filhos são herança do Senhor, sendo preciso coerência quando os pais seguem o que ensina Aquele que é "o caminho, a verdade e a vida", e a orientação para os filhos é: "Filhos, obedecei a vossos pais no Senhor, pois isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem e sejas de longa vida sobre a terra" (Efésios 6). E ainda: "Estas palavras, que hoje te ordeno, estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos; e delas falarás..." (Deuteronômio 6:6,7). A citação revela que os pais devem dar testemunho cristão em todos os momentos da vida, além de conduzir e orientar os pequeninos a seguir os estatutos do Senhor.

Os pais devem conduzir-se com muita sabedoria, fé e confiança no Senhor, porque os dias são maus. "A vida espiritual da avó e da mãe de Timóteo fez com que o apóstolo reconhecesse a educação inabalável em Deus. ‘Pela recordação que guardo de tua fé, sem fingimento, a mesma que primeiramente habitou em tua avó, Lóide, e em tua mãe, Eunice, e estou certo de que também em ti'", citou o pastor José Lima.

Filhos não vêm com manual de instruções

Seria muito mais fácil se os filhos viessem com um "manual de instruções", com indicações claras de como proceder diante de manhas, manipulação, egoísmo e birras sem perder a cabeça. Mas tal coisa não existe. Cada criança é única e sua educação é consolidada de acordo com a junção das histórias de seus pais. A família é o ambiente estrutural da criança.

De acordo com a advogada Débora Cunha, especializada em aconselhamento cristão, a construção de uma educação sadia começa nos primeiros anos da vida do indivíduo, de zero aos sete anos. "É neste período que a criança recebe os conceitos sobre a vida. Se elas passam bem pela experiência, terão capacidade de conduzir e entender melhor os questionamentos que surgirão no período da adolescência. Explico: se os conceitos da infância forem coerentes, logo elas passarão pela adolescência de maneira segura e saudável e daí por diante".

Débora destaca que a criança tem muito mais a aprender num relacionamento afetivo do que num lar destruído. Acentua que as crianças são reflexo do lar em que vivem e aprendem o que vivenciam. "Se elas são influenciadas a ter uma postura depreciativa, logo crescerão com uma postura autodepreciativa. Se dentro do lar existem o amor, a união e o afeto, as crianças crescerão de maneira saudável e desprendidas de preconceitos".

Para Débora, a sociedade tem que buscar valores perdidos e os pais devem abençoar os filhos. "As palavras de bênção edificam os filhos e ajudam a construir um futuro melhor para a criança. Já a palavra mal dita pode acabar com os sonhos. O peso da palavra na cabeça da criança será muito maior se o emissor for alguém diretamente ligado a ela, pai ou mãe", esclarece.

Num lar em que a presença dos pais seja apenas para pagar contas, onde não há tempo para dedicar aos filhos, as chances de uma criança crescer confusa, carente e erotizada são maiores. "Mas eu acredito que a pessoa ainda pode querer mudar a sua história e ser uma pessoa melhor", disse Débora.

Ensinando a Palavra com coerência

"Como é feliz o homem que teme ao Senhor e tem prazer em seus mandamentos. A sua descendência será poderosa na terra; será abençoada a sua geração de homens íntegros" (Salmos 112.1-2). A citação mostra a consequência feliz de se criar um filho no temor a Deus - uma conduta que deve ser tomada com a coerência baseada na Palavra de Deus.

O casal Lindsay e Monica Del Pupo assinala que a educação com o temor a Deus é um desafio, sendo necessário que as crianças aprendam desde cedo o que mandam os ensinamentos bíblicos. "Crianças devem ser criadas debaixo do mesmo governo. É necessário que a escola, que contribui no processo de educação, e a família vivam debaixo dos mesmos princípios. Então as crianças crescerão tendo o apoio de duas instituições fiéis e que apontam solidamente o caminho que devem seguir, preparando-as para a vida futura", observou Mônica, mãe de Laura (seis meses) e Nicolas (cinco anos).

Ela aponta ainda a necessidade de se ter uma postura forte e marcante, deixando as desavenças para serem resolvidas separadamente e longe da presença dos filhos. "É preciso exercer autoridade, estabelecer limites, impor regras. Saber a hora de dizer ‘sim' e saber a hora de dizer ‘não', tratar seu filho com respeito, ser coerente, prepará-lo para a vida e amá-lo incondicionalmente. O sucesso dos nossos filhos está em nossas mãos. Depende muito mais de nós do que deles", afirma Mônica.

Ela lamenta que muitas famílias estejam "tocando a vida" numa rotina interminável, "sem sal, nem açúcar", sem diálogo e sonhos compartilhados. "Não há projetos familiares. Não há desafios individuais. Temos que ajudar os filhos a ter um alvo de vida que leve a Deus, pois não há felicidade nem futuro algum sem um relacionamento pessoal e verdadeiro com Jesus Cristo. Isto também se aplica aos nossos filhos".

Saber a hora de pedir socorro

Criar filhos em um lar desagradável pode ser prejudicial ao desenvolvimento da criança. Quem alerta é o pastor da Igreja Evangélica Vida, Rogério Penedo Félix. Ele conta que em um relacionamento desgastado, onde pais não respeitam filhos e vice-versa, é preciso pedir ajuda e mudar de tática.

"Um conselho de fora é muito mais eficaz do que permanecer no erro, pois foca aquilo que os pais não conseguem enxergar". Ele sustenta que pais não devem ter vergonha de pedir orientação e aponta que, para uma criança crescer saudável nos dias de hoje, é preciso saber dar limites, carinho, disciplina, valorização, respeito, conforto, diálogo, compreensão e responsabilidade, além do contato diário com a Bíblia e a oração.

"Se quisermos fazer de nossos filhos homens de Deus, é preciso ensinar-lhes o caminho em que devem andar, ou seja, precisamos estar junto com eles, sendo exemplo no processo de educação. Pais precisam ler a Bíblia, orar diariamente e buscar sabedoria. Essas e outras orientações compartilho com os pais de nossa igreja", disse.

Rogério esclarece que, como pastor, não trata seus filhos como "filhos de pastor", mas como crianças. "Procuramos ao máximo não permitir que eles tomem conhecimento de problemas de adultos. Eu e minha esposa, Gláucia, procuramos influenciar os filhos Ismael, de 11 anos, e Juliana, de 5 anos com valores da Palavra de Deus. O aprendizado da criança é muito maior por aquilo que ela vê do que por aquilo de ela ouve".

O jovem casal Gilson e Kelly dos Santos sabe da importância dos bons exemplos. Os dois nasceram em lares cristãos, cujos exemplos esperam repassar para os filhos Millena, de quatro anos, e Daniel, de um ano. "Criar filhos não é fácil, mas quando deixamos Deus no controle, tudo vai bem melhor. Diante de um bom exemplo se tem um belo resultado. Os pais do Gilson nos inspiram. Eles nunca discutiram na presença dos filhos, são um casal saudável, e isto marcou a vida do meu marido e a nossa", declara Kelly.

Ela afirma que, enquanto família, faz o possível para que seus filhos conheçam o Deus maravilhoso que foi apresentado a ela e ao marido quando crianças. "Não somos um casal perfeito, mas buscamos orientar os nossos filhos na Palavra de Deus. Temos consciência de que quem educa os filhos são os pais. Tudo deve ser passado pela peneira de Deus, com o temor Dele", sintetizou.
 
 
FINALIZANDO...
 
 
ENTENDO QUE AGRESSÃO EM FILHO/FILHA É FATOR DETERMINANTE
PARA DESTRUIR A IMAGEM DE PAIS HERÓIS.
NÃO CONCORDA?
PERGUNTE A UM FILHO/FILHA QUE SOFREU AGRESSÕES.
 
*************************************************************
 
AGRESSÃO ENTRE UM CASAL É SINAL DE PERDA DO RESPEITO.
É UMA CONVIVÊNCIA ONDE IMPERA O TERROR.
NÃO CONCORDA?
PROCURE SE INTEIRAR DOS DEPOIMENTOS  FEITOS PELOS AGREDIDOS.
 
*************************************************************************
 
APESAR DA MAIORIA DIZER QUE PERDOA E ESQUECE EU ATÉ  ACREDITO. MAS, SE FOR O AGREDIDO  A CONFIANÇA NUNCA MAIS SERÁ A MESMA QUEM BATE ESQUECE, .QUEM LEVA NÃO ESQUECE E AINDA FICA COM MARCAS QUE NEM FREUD É CAPAZ DE EXPLICAR.
 
*****************************************************
 
O SURPREENDENTE É , AINDA, EXISTIR ALGUÉM QUE
SE DISPONHA DEFENDER O AGRESSOR.
 SABE QUAL A RAZÃO?
FÁCIL DE ENTENDER: - NÃO FOI QUEM SOFREU AS VIOLÊNCIAS.
 
************************************************************
 
FORA QUALQUER AGRESSÃO GRATUITA,  INTEMPESTIVA OU PSICOLÓGICA E SEM PROPÓSITO CONTRA QUALQUER SER HUMANO!!!!!!!!!! 
 

terça-feira, 12 de março de 2013

segunda-feira, 11 de março de 2013

BATIZADO

Na fé cristã o batismo é  o primeiro dos dez sacramentos. Pelo batismo uma criança passa a fazer parte da igreja.
 
Para criar crianças num mundo de paz e fraternidade devemos ser exemplo do renunciar ao egoísmo e a injustiça. Devemos ser exemplos no exaltar a dignidade humana.
 
Cada pessoa batizada é o surgimento de um novo viver no Reino de Deus.

 
(Na foto ao centro Alice no colo dos pais (Bruno e Chris),
nas laterais eu e Daise.
 
###
#
 
Em águas santificada
No dia três de março
Alice foi batizada.
 
#
###
 
 

domingo, 3 de março de 2013

IMPOSTO DE RENDA...

Você sabia que o Imposto de Renda foi instituído  no Brasil pela Lei nº 4.625 de 31 de dezembro de 1922.
 
A primeira alteração na  legislação ocorreu pela Lei nº4.783 de 31 de dezembro de 1923 que classificou os rendimentos em quatro categorias e criou a tabela aplicada na renda global.
 
O primeiro regulamento do imposto sobre a renda veio pelo Decreto nº 16.581 de 4 de dezembro de 1924.
 
O primeiro adiamento no prazo de entrega ocorreu quando da declaração do exercício de 1924 fixado fixado em 14 de novembro de 1924. As instruções de preenchimento ficaram prontas dois meses antes da data limite, pouco tempo para o contribuinte assimilar as regras de um novo e complexo imposto. Não houve alternativa senão adiar o prazo para 24 de março de 1925.
 
Rápida cronologia do imposto de renda:
 
- 1922/1924  - Instituição de IR no Brasil
- 1925/1929 - As primeiras reformas
- 1930/1939 - Adaptação do imposto
- 1940/1943 - O imposto de renda alcança o primeiro lugar em arrecadação
- 1944/1963 - A consolidação do imposto
- 1964/1967 - A reforma tributária
- 1968/1981 - Começa a era da Secretaria da Receita Federal
- 1982/1990 - O lançamento por homologação e o sistema de bases correntes
- 1991/1996 - Começa a informatização no peenchimento da declaração
- 1997/2006 - O avanço tecnológico: segurança, rapidez e falicidade no preencimento e na entrega da declaração
- 2007/2009 -  Nos termos da Lei nº 11.457, de 16 de março de 2007, a Secretaria da Receita Federal passou a denominar-se Secretaria da Receita Federal do Brasil, órgão da administração direta subordinado ao Ministro de Estado da Fazenda.
No exercício de 2008, ano 2007, foram duas as formas de preenchimento da Declaração Anual de Ajuste Anual: computador via programa IRPF, com quase 99% de adesão dos declarantes, e o formulário.
 
Neste ano o início da Declaração do Imposto de Renda 2013 começou no primeiro dia de março e o prazo final é o último dia de abril.
 
Fique atento! Com o  
 
 
Em 1979, a Receita Federal decidiu criar uma campanha publicitária para divulgar o tributo. Após a análise de muitas propostas, a imagem do leão foi considerada a ideal para a campanha:
 
um animal justo, leal, forte, embora não ataque sem avisar, manso, mas não bobo.
Embora a repercussão da campanha publicitária não seja mais usada pela Receita Federal,
o leão ficou, diretamente, associada ao Imposto de Renda.
 
 

sábado, 2 de março de 2013

APRESENTAÇÃO FAÇO...

Com as palavras de Antonio Machado:

"Faz algum tempo neste lugar
onde hoje os bosques se vestem de espinhos
se ouviu a voz de um poeta gritar
"Caminhante não há caminho,
se faz caminho ao andar"...
 
Apresento o Escritor e Poeta Alexander Man Fu
Membro do Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais - InBrasCI -
que recentemente foi agraciado com o Título de:
Member d'Honneur  Divine Académie Française dés Arts Lettres et Culture
 
 
Man Fu mantém um blog em:
 
e dá vazão ao seu talento com as palavras em:
 
Por falar em palavras. O que é a palavra? A palavra é força, momento da voz, desejos da essência de um ser. A palavra é única... A palavra é um sentimento...
 
 

 

sexta-feira, 1 de março de 2013

ANIVERSÁRIO DA CIDADE DO RIO DE JANEIRO

1565 - 2013
Aniversário da Cidade do Rio de Janeiro
1º de Março
 


1º de março ou 20 de janeiro? - Muitos ficam indecisos entre as duas datas. Por isso, inúmeras vezes se tem comemorado o aniversário do Rio de Janeiro no dia do santo padroeiro. Para afastar quaisquer dúvidas, fica aqui registrado sucintamente o episódio de fundação da cidade. Em 1555, os franceses invadiram o Rio de Janeiro pretendendo aqui fundar uma colônia. Em 1564, os portugueses resolveram, enfim, organizar uma expedição para expulsá-los e fundar uma cidade fortificada com o objetivo de impedir para sempre outras investidas. Estácio de Sá, sobrinho do governador Mem de Sá, chegou em terras cariocas no dia 28 de fevereiro com alguns navios e soldados, desembarcando na praia entre o morro Cara de Cão e o Pão de Açúcar. No dia seguinte, 1º de março de 1565, fundou oficialmente a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, em homenagem ao rei menino de Portugal e escolheu o santo de mesmo nome para padroeiro, a quem se presta homenagem no dia 20 de janeiro. A lenda diz que o mordomo encarregado de cuidar da capela do santo foi atacado por índios. Invocou seu nome e imediatamente chegaram reforços. Em uma das canoas um moço louro lutou bravamente, desaparecendo depois de finda a batalha. Foi identificado como sendo o santo padroeiro que lutara em defesa de sua cidade.