Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional e dedilho os primeiros acordes em teclado Yamaha.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou.

sexta-feira, 7 de abril de 2017

BREVES REMINISCÊNCIAS (CRUZADOR "BAHIA"...)

Texto de Elson de Azevedo Burity
Rio de Janeiro, 07/03/2017.

BREVES  REMINISCÊNCIAS DO NAUFÁGIO DO  CRUZADOR “BAHIA”.

     
       Na fatídica manhã do dia 04 de julho de 1945, num ponto localizado a cerca de 100Km ao sul dos rochedos São Pedro e São Paulo e 500 Km a sudoeste da ilha de Fernando de Noronha, naufragava o imponente cruzador “Bahia”, orgulho da Marinha do Brasil.
      Com ele pereceram 332 vidas nas profundezas do Oceano Atlântico e somente na manhã  de 08 de julho, os primeiros náufragos puderam ser resgatados  pelo cargueiro inglês “Balfe”; totalizando, entretanto, somente 36 sobreviventes.
     Decorridos 72 anos daquela tragédia, nunca é demais reverenciarmos a memória daqueles que sucumbiram no exercício do seu dever. Em especial dedico esta singela  lembrança ao Marinheiro Alberto Burity, meu tio, ( que pertencia ao Departamento de Máquinas ) e ao Tenente Gelson Helmold, cujos descendentes tive o prazer de conhecer recentemente.

      A todos aqueles bravos heróis, gostaria de citar as palavras do Almirante Barroso, herói da Batalha Naval do Riachuelo:

                           O Brasil espera que cada um cumpra com o seu dever.
                                    
                                   RJ, 07 de Abril de 2017
                                              Elson  de  Azevedo Burity

Boletim de 30 de julho de 1945
do Ministério da Marinha
em https://issuu.com/elvandroburity/docs/boletim_30_de_30jul1945_cruzador_ba

(Por favor, para melhor visualizar clique nas figuras)