Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional e dedilho os primeiros acordes em teclado Yamaha.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou.

segunda-feira, 3 de março de 2008

ATENDENDO UM LEITOR... E PROVOCANDO OUTROS...

Em atenção e respondendo ao Sr. Armando Mandarin-Leme-rio que , quando comentou o artigo DIA INTERNACIONAL DO MAÇOM, publicado no Portal Mhário Loncoln em http://mhariolincoln.jor.br/, escreveu:
"Conheço a lavra de Elvandro. Será que ele tá com preguiça de continuar produzindo aqueles textos do começo do portal onde ele causava polêmica?Vamu lá, cabra. Volte a mostrar sua verve. Preguiça tem hora. (Brincadeira, meu chefe)."
26/02/08"
<<<<<<<>>>>>>>
Faço coroas de margaridas e enfeito a minha cabeça. Nesta linguagem simbólica a ordem das palavras que se seguem não alterará o produto final. Talvez aí resida a grande tentativa de fazer a minha vida bonita ou de fazer "bonitaça" a minha vida. Nunca esqueço de que a vida se tornaria insuportável senão proporcionasse mudanças. Cumpro alguns padrões impostos pela sociedade; em outros prefiro ousar... minhas roupas esporte são "modernas". Ou seja atendem aos apelos da sociedade de consumo (chamam atenção pela suas cores e estilo). Foi-se o tempo em que eu estava preocupado com as possíveis definições que me seriam imputadas. Eu existo! Já é um manifesto. Para aqueles que, nesta altura, queiram assacar contra mim, a expressão: "septuagenário assanhado ou velho caquético". Declaro que estou acordado, vivo e energizado... E que, ainda, como heterossexual, transo muito bem a minha sexualidade.
Muitas das vezes, ponho-me a rir das besteiras que faço. Entendo que a vida não dá nem empresta... Não se comove e nem se apieda... Tudo que faz é retribuir. Não lembro o autor e nem onde li: "O talento educa-se na calma. O caráter no tumulto da vida."
Alguém poderá dizer que o ser humano não tem jeito. Direi: - Defeito do sistema ou do ser humano. E, muito embora nos defrontemos com um complexo sistema social, dispomos de informação e tecnologia que nos habilitam dominar a complexidade do mundo moderno. Será utopia acreditar em um mundo: sem brigas e violência, sem hipócritas, sem pérfidos, sem fraudadores, sem déspotas, sem usurpadores, etc etc Será que acreditar em um mundo melhor é gastar imaginação. Digo que o mundo está melhor. Pode não ser o melhor... mas está melhor... Ou o leitor discorda?
Derrube as cercas das opiniões alheias. O que interessa não é a embalagem e sim o conteúdo. Infelizmente, o que vemos é cada vez mais não é preciso ser, basta parecer ser. Antes que alguém reaja, com qualquer argumento. Permito-me provocá-lo com o seguinte comentário:
- O egoísta sofre da síndrome do escorpião, mesmo praticando uma boa ação, não deixa de dar a sua picada venenosa, isto é, de tratar só dos seus interesses e não prescindir de suas comodidades. O egoísmo debilita a energia física e enfraquece a moral.
No mundo atual sobreviver na linha de encontro da moral e da ética é um desafio. Todo dia um grande desafio... Tanto maior quando vivemos numa sociedade globalizada e em crise de valores morais e éticos que valoriza o ter em detrimento do ser.
Chegamos a um ponto tal que confiar em alguém, ser solidário, tornou-se perigoso e, dependendo das circunstâncias até fatal. Num país de flagrantes desigualdades, com tantos excluídos, às vezes tenho a sensação de que existem dois "brasis": um (onde a justiça é cumprida). Outro (onde o que é proibido é constantemente feito... numa sucessão de escândalos envolvendo o dinheiro público, de ações lesivas ao cidadão e ninguém faz nada). O que fazer né! Cada povo tem o governo que merece. E viva o Brasil! Campeão de futebol. Terra do espetáculo (Carnaval) que encanta a gregos e troianos. Neste turbilhão os anestesiados pela cerveja (outra favorita de muitos brasileiros), tal um peru de véspera, que paguem a conta de tantos desmandos. Para os conscientes dos seus deveres e obrigações somente recorrendo à composição do Mc Créu, autor da música "Dança do Créu": "créu!!! créu!!! créu!!! créu!!! créu!!! Vãobora que vamos! Vãobora que vamos!
Se alguém rouba ou furta um pão para saciar a fome é preso em flagrante. Por outro lado, isto é, no outro "brasil" grassa a inculpação. Será que as filigranas jurídicas têm razões que a razão desconhece? Sinceramente, neste fogo cruzado eu me sinto um verdadeiro otário por tentar cumprir as leis... Cumpro por ter certeza de que no dia em que eu "pisar na bola..." a justiça será implacável.
Conclusão: - Hoje em dia somos uma coleção de pequenos pontos que precisam ser juntados, e examinados, um a um. Parece que vivemos ou somos hóspedes ou locatários de uma grande "Torre de Babel", onde cada um é cada um ou, como se diz, cada caso é um caso. Salve-se quem puder!!!!!!
Comentários muito doidos e sem nexo? Mas convenhamos encerram certa realidade. Correto? Ou o leitor discorda?
<<<<<<<>>>>>>>
Este artigo, também, foi publicado no Portal http://www.mhariolincoln.jor.br/
e recebeu os seguintes comentários:
Xexéu das tretas: "Mas rapaz, tu és dos meus. Que comentário-artigo de dentro do peito. Parabéns, ontem, hoje e amanhã. A juventude é um estadod e espírito, já disse alguem (só nào lembro quem)."
Carla Kim: "Muito bacana. Como se diz agora: IRADO."
Maria das Graças Ramos: "O que eu gosto mesmo no Elvandro é a atitude. Na dele, sempre. É isso aí ."
Ruth Vianna Campos: "Oi! Isto é que é ser cabeça boa. O mais é conversa fiada.Meu jovem Elvandro você é simplesmente um IRADO SEPTUAGENÁRIO.Concordo em genero número e grau contigo."
Paulo César Martins de Oliveira: "Elvandro deixe a preguiça bem longe e volte a escrever com mais frequência. Gosto dos teus escritos pelo ecletismo dos temas.Gostaria de discordar. Mas, infelizmente, não dá. Faço parte dos idiotas conscientes dos seus deveres e obrigações. Portanto, impossível deixar de concordar contigo e recorrer à composição do Mc Créu, autor da música "Dança do Créu": "créu!!! créu!!! créu!!! créu!!! créu!!! Vãobora que vamos! Vãobora que vamos!Parabéns ao Editor pela postagem."
Patrícia Braga: "Égua!Adorei o artigo. Destaco "- O egoísta sofre da síndrome do escorpião, mesmo praticando uma boa ação, não deixa de dar a sua picada venenosa, isto é, de tratar só dos seus interesses e não prescindir de suas comodidades. O egoísmo debilita a energia física e enfraquece a moral.No mundo atual sobreviver na linha de encontro da moral e da ética é um desafio. Todo dia um grande desafio... Tanto maior quando vivemos numa sociedade globalizada e em crise de valores morais e éticos que valoriza o ter em detrimento do ser."Bah! Aqui na minha cidade tem escorpião por demais.
Ivo Campelo: "É isso aí Elvandro."
Cileny Gomes da Costa: "O retrata uma realidade que alguns preferem empurrar para debaixo do tapete da consciência. Afinal viver é a coisa mais rara no mundo atual. A maioria das pessoas apenas existem.Tal qual Maria das Graças, o que eu gosto mesmo no Elvandro é a atitude. Outra coisa, o teu despojado estilo de vestir em nada te diminue ou ridiculariza. Vi as fotos quando da visita do Mhário ao Rio e gostei.Em linhas gerais concordo com o que escreveste. Realmente, tem muita hipocrisia campeando por aí. Beijossssss"
Xisto: "PÔ, cara, tá bombando.Tô na tua, saca! Nada de baldiação. Tudo em cima. Cabrito bom não berra! Tá em cima! Fica na tua que atrás vem gente. Nada de rebordosa. Toma tua dose diária de otimismo e manda o resto pra PQP.Saco esses mané de pijama enrolado em toalha dando canja. PÔ, sai fora. Velho cheio de mania é f... Manda bala, nego. Não te abaixa. Cabeça pro alto, peito pra fora!TÔ na tua, embolado que nem cobra com medo. Tô assinando em baixo, negão."
Alessandra Leles Rocha: "Caríssimo amigo,parabéns!!! Mais um daqueles textos para gente tirar o chapéu!!!Abraços,Alessandra L. Rocha."
Renato Cardoso Marinho: "Cara! Que gol de placa. Elvandro você rebentou. Não tenho o que contra-argumentar. Tiro na mosca.Abração."
Caetana Campos: "Valeu Elvandro. Muito bacana Caetana Camposa estrela cadenteme caiu ainda quentena palma da mão Paulo Leminski."
Fernando da Fonseca Pires: "Escreveu bem. Definiu a situação bem. Tá sacramentado.Um povo que valoriza seus privigélios acima dos seus princípios, cedo perde os dois. Eisenhower "
Osvaldo Pereira Rocha: "Muito bom, meu confrade e amigo Elvandro de Azevedo Burity. Aliás, como sempre. Efetivamente, a vida monótona é insuprotável! Parabéns, mais uma vez, ilustre confrade do IHGM!!!"
05/03/08 05/03/08
Mariana Rodrigues: "Oi Elvandro, você é o máximo em sinceridade. Muito bem."
Irany Santos de Souza: "Parabéns,Burity pelo seu ótimo artigo. Nós que o conhecemos há mais de 50 anos e convivemos em serviço grande parte desses anos, não poderia esperar outra coisa de você, Um grande abraço e continue mantendo seus escritos para o nosso deleite."
Ândrei Clauhs: "Prezado Irmão e Amigo.:É isso aí. O Brasil são esses brasis que vc descreveu, e é por isso que acredito nessa Nação, ainda jovem, de pouco mais de 500 anos...sabe por quê? Porque há Elvandros, Iranys, Marianas, Osvaldos, Fernandos, Caetanas, Renatos, Alessandras, Xistos, Ivos, Cylenes, Patrícias, Paulos, Ruths, Marias, Carlas, Xexéus e Mhários Lincoln, brasileiros com consciência crítica de seu dever e de seu espaço no crescimento do País, pouco importando se vestem terno, calças despojadas ou simplesmente bermudas bem transadas. Parabéns. Abraços tríplices."
Baltazar de Almeida Júnior: "Tenho lido os artigos escritos pelo Elvandro e, decididamente, tenho que concordar com Julián Mariás, filósofo espanhol, autor da Antropologia Metafísica e A Felicidade Humana:"Cada pessoa tem um traço principal, em torno do qual se organiza o cojunto de sua personalidade."Realmente, a sua independência no pensar e escrever, as suas atitudes e decisões são algo contagiantes. A sua sinceridade nos comentários deixados em artigos de outros autores é algo impressivo.Parabéns!!!! Quero mais!!!! "
Amanda Dantas: "Não fosse o Armando Mandarin-Leme-rio catucar o Elvandro não teríamos nos deliciado com o presente artigo.Elvandro, não desapareça não! Preguiça tem hora.Dignidade e independência sempre!Gostei do conteúdo."
Juliana Nunes: "Delícia de artigo."
Carlos Henriques de Araújo: "Meu caro Elvandro.Você nos faz acreditar que vida é bela e que viver vale a pena. Que não morremos enquanto nossas idéias continuarem semeando a paz, o amor e a liberdade. Parabéns pelo belíssimo texto. Ele é uma ressonância magnética do nosso cotidiano e nos mostra as mazelas políticas, as vicissitudes da vida e as incoerências da natureza humana. Este pequeno poema (feito de improviso) encerra meu comentário, e será publicado no meu próximo livro.EXISTE Existe palavras que não dizem nada;Existe silencio que vale mais do que mil palavras;Existe momentos que nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;Existe gestos que nos iluminar como uma luz em nosso caminho;Existe toques que nos estremece o coração e nos acorda para a vida;Existe exemplos que nos fazem acreditar em pessoas especiais como você.by CHA "

Nenhum comentário: