Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!



sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

LANÇADO O LIVRO - LUMENS EM PROSA E VERSOS

Conforme divulgado no link
http://alrocha-antenacultural.blogspot.com/2011/10/lumens-em-prosa-e-verso-lancamento-10.html
no dia 10 de dezembro realizou-se o lançamento.
http://www.clesi.com.br/index.php/lancamento-lumens/

Na página 78 o distinto amigo e leitor encontrará a poesias de minha autoria.

RETROSPECTIVA...

No ano de 2011 passei por momentos sombrios... decepções... alegrias... Sobrevivi a eles. Quais? Os mais variados e comuns: falta de dinheiro, falta de saúde e até a falta de graça com a vida. Cá estou neste penúltimo dia do ano, por mim, denominado RETROSPECTIVA para agradecer, sobretudo, a DEUS.

Pode parecer ingenuidade minha, apesar de tudo, continuo com FÉ. Este pequeno texto é um veículo para tirar o nó da garganta e deixar bem claro que as minhas reações foram muito mais intempestivas do que odiosas e atuaram como uma proteção.

Obrigado pelo abraço amigo, pela ajuda inesperada e até pelo silêncio.

Os altos e baixos de 2011 foram meus. Em 2012 tenho que me superar para não persistir nos mesmos erros e que o meu lado "brucutu" seja mantido no "desvio" da estrada da vida para não atrapalhar o meu desenvolvimento espiritual e quiça até o material. Entendo que as pessoas capazes de desenvolver a autocrítica são capazes de desenvolver a sensibilidade para sentir o outro.

Se você acha este meu papo ultrapassado. Chegou a hora de me desculpar de novo.

O respeito mútuo, parece ter saído de moda. Gentileza virou algo do tempo dos idos de 1950. Bom dia, boa tarde foram, simplesmente, alijados das relações interpessoais. Como não estamos no salve-se quem puder... Continuamos "todos" seres humanos, na certeza de que não existe vida comunicação e comunicação sem vida.

Desejo para todos um FELIZ ANO DE 2012.

Boas energias e pensamebtos positivos. Pense sempre positivo!

Tenho certeza de que o próximo ano será muito mais especial e inesquecível!!!!

domingo, 11 de dezembro de 2011

RIEN QUE DES ALDRAVIAS...

Reconhecendo que muitos leitores não terão como adquirir um exemplar do livro RIEN QUE DES ALDRAVIAS na data do lançamento, publico algumas aldravias.
Rien que des aldravias
 Somente aldravias

Traduction et adaptation du portugais (Brésil)
Marc Galan - Athanase Vantchev de thRacy

Présentation et coordination éditoriale
Diva Pavesi
IBSN  9 782846 683425
***************************

Tentando
ser
amado
cobiço
seu
coração
===
Essayant
Être
Aimé
Convoitant
Son
Cœur
****************************
Vida
Luz
Paz
Amores
Conquistas
Paixões

===
Vie
Lumière
Paix
Amours
Conquêtes
Passions

 
Por favor, aguarde as próximas...Ou quem sabe uma possível edição virtual.





sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

CRÍTICO OU REVOLTADO?


Recentemente, por ocasião da votação de uma determinada matéria, alguém utilizou a seguinte afirmação:
SOU UM CRÍTICO OU REVOLTADO.

Respeitando o direito de expressar opiniões. Sem puxar brasas para a minha sardinha diante de alguns arestos, tenho a seguinte interpretação: "uma coisa é o que pensam de mim e tentam imputar com tendenciosas insinuações... Outra coisa  é o pervertido e deletério disse-que-disse... A verdade está nas minhas ações. Não me considero crítico e nem revoltado. Prefiro ser uma metamorfose ambulante do que ficar preso ao silogismo anacrônico do mundo em que vivemos."

Quando instado falar, não costumo sofismar. Bem como não sou chegado participar de "panelinha", isto é, de Grupo fechado de pessoas que agem em interesse próprio, às vezes em detrimento de outros.
Quer queiram ou não quando participo de uma tomada de decisão o foco de minhas ações são pelo coletivo.
Em tempo! Por favor, não inventem a historinha de que após a votação tentei justificar o meu voto contrário. Alô! Alô! Periféricos, as pessoas passam. As Instituições continuam. Entendido? Portanto, libere o meu anjo da guarda.

Somente aqueles que comigo tiveram ou vivem diuturnamente é dado verificar, verdadeiramente, quem sou.
Considero-me uma pessoa bem resolvida e orientada pelos princípios da educação familiar. Para mim, "é importante ser importante, porém é muito mais importante ser bom."

Cada vez estou menos contemplativo... Não me deixo levar pela volubilidade do ser ou ter... E isto, decididamente não agrada a algumas pessoas.

Vejo o exercício da cidadania como uma construção alicerçada nos direitos individuais da liberdade de pensamento e do respeito à dignidade de cada ser humano que deve ser colocada acima das controvésias. Respeitado é claro o direito resposta.  Portanto, nesta linha de raciocínio não me considero um crítico ou um revoltado.

Cada um que faça de sua vida aquilo que bem aprouver: "se alguém não compreende, perdoe e   siga em frente! " Estas palavras são de C. Torres Pastorino publicadas no livro "Minutos de Sabedoria".

Entrego ao Alto as quizilas, mágoas e ressentimentos. Pensamentos de ódio, inveja, ciúme ou revanchismo, na minha filosofia de vida, não me levarão a nenhum "porto seguro".

Tentei responder se sou um crítico ou um revoltado. Se consegui ou não é outra história. Pense em cognominar-me de: "participante e combativo".

Que a Luz da Sabedoria Divina
nos ilumine hoje e sempre.


terça-feira, 6 de dezembro de 2011

AO ENSEJO DO NATAL...

Combatamos os vícios por meio das virtudes. Cada virtude vivida é um vício que se vence. O ódio, a ofensa, a discórdia, as dúvidas, o erro, o desespero e a tristeza.
Que neste Natal a "A PAZ ESTEJA CONOSCO".
A Pastoral da criança publicou a resposta para a seguinte pergunta: Afinal o que é a Paz?
Paz não é apenas ausência de guerra entre nações.
Paz é garantir comida, moradia, educação, saúde - uma boa qualidade de vida.
Paz é cuidar do meio ambiente aproveitando a boa qualidade de água, saneamento básico, despoluição do ar.
Paz é viver com alegria os bons momentos, encontrando forças para enfrentar os problemas e resolvndo as dificuldades.
A oração abaixo, muito conhecida, magistralmente resume, com toda plenitude, um conceito válido para definir PAZ:

Senhor! Fazei de mim um instrumento da vossa paz.

Onde houver ódio que eu leve amor.
Onde houver ofensa que eu leve perdão.
Onde houver  discórdia que eu leve a união,
Onde houver erro que eu leve a verdade,
Onde houver desespero que eu leve esperança.
Onde houver tristeza que eu leve alegria.
Onde houver trevas que eu leve luz.
Oh! Mestre, fazei que eu procure mais:
consolar, que ser consolado;
compreender, que ser compreendido;
amar, que ser amado.
Pois é dando que se recebe.
É perdoando que se é perdoado.
E é morrendo que se vive para a vida eterna.

*
***
*****
******

Desejo para todos um

FELIZ NATAL!
PRÓSPERO ANO DE 2012 e
MUITA PAZ!






domingo, 4 de dezembro de 2011

MOVIMENTO ALDRAVIANISTA...

Como uma pequena particular do Movimentos Aldravianista não posso ceder ao impulso de escrever aldravias.

um
grito
preso
na
garganta



O
tempo
apressado
sacode
minha
vida


Alguns
sentimentos
fazem
o
coração
disparar


Lágrimas
são
presentes
do
recem
nascido




segunda-feira, 28 de novembro de 2011

RELATIVIDADE...


Relatividade entre palavras e pensamentos.
"A gratidão é um fruto de grande cultura; você não a encontra entre gente vulgar." = Samuel Johnson

"A soberba não se perdoa, a humildade não se vinga." = Marquês de Maricá

"O que destrói a criatividade é o senso de redículo." = Confúcio

"É o espírito que constrói o corpo à sua imagem." = Friedrich von Schiller

"A originalidade, por sí só, é qualidade negativa; precisa juntar-se a outra para ter valor, e este valor dependerá da qualidade positiva que a acompanha." = Joaquim Nabuco




 Se alguém lhe bloquear a porta, não gaste energia com o confronto, procure as janelas. Lembre-se da sabedoria da água: “a água nunca discute com seus obstáculos, mas os contorna”.


Quando alguém lhe ofender ou frustrar, seja como a água e a pessoa que lhe feriu será o obstáculo. Contorne-a sem discutir.


sábado, 26 de novembro de 2011

INCENTIVO...

O Jornal Aldrava Cultural no link http://www.jornalaldrava.com.br/pag_sbpa.htm publicou matéria abordando os livros SOMENTE ALDRAVIAS - edição virtual - e RIEN QUE DES ALDRAVIAS - edição em francês.

Sem sombra de dúvidas isto é o que considero um baita incentivo.

Obrigado a todos aqueles que em algum momento, direta ou indiretamente, colaboraram para que um dia fosse possível lançar um mesmo livro no Brasil e, paralelamente, uma edição bilíngue em Paris - França. Em particular para os aldravianistas: Andréia Donadon, J. B. Donadon, J. S. Ferreira e Gabriel Bicalho pelos ensinamentos transmitidos. Incluo, por justiça e razão, Diva Pavesi pela oportunidade proporcionada que resultou na introdução de meus escritos, pela seunga vez, em terras francesas (Salão do Livro em Paris). Não posso deixar de incluir as duas maiores razões do meu viver: a minha esposa Daise e a minha filha Elda. Obviamente, por último, o mais importante OBRIGADO SENHOR por manter-me vivo, acordado e energizado.


Disponível no link:



Mantido contato com a atual diretoria daquele sodalício ficou implícito que a minha filiação ao quadro da Associação Brasileira dos Poetas Aldravianistas, realizar-se-á no momento certo. Não posso pensar diferente: - Que baita incentivo.






sexta-feira, 25 de novembro de 2011

DEFINITIVAMENTE...

Sempre tive consciência do fato de que, definitivamente, não posso reclamar da vida que tenho. Afinal  não tenho necessidade de sonegar Imposto de Renda ou qualquer outro tributo. Estou vivo, acordado e energizado. Não tenho tudo que quero. Agradeço a Deus por tudo que tenho e sou, consequentemente, procuro desfrutar com toda intensidade aquilo que tenho.
Do tempo do serviço ativo tenho ótimas recordações... Em missão oficial do governo tive, por direto e razão, a oportunidade de viver fora do Brasil por três anos. Não me perdi no meio da melhoria de remuneração. Pé no chão... Olhos atentos ao futuro consegui fazer uma pequena poupança que proporcionou dar uma  guinada em termos de moradia: - Da Baixada Fluminense para o bairro do Méier.
Na inatividade fui assessor de político e laborei no Movimento Negro e no Acadêmico Literário. Alguns anos se passaram e,  definitivamente, de nada possa reclamar. Considero que tive  um brilhante caminhar: - Não  cheguei na Academia Brasileira de Letras (Calma! Tenho consciência de que pensar em lá chegar é presunção de minha parte). Em contrapartida cheguei na Academia de Letras do Brasil e, até, tornei-me Patrono de uma Cadeira na Academia de Letras e Artes de Plácido de Castro - localizada na cidade de mesmo nome do Estado do Acre.
Mais de 30 livros editados. Um lançado na Bienal do Livro - Rio de Janeiro- e um outro lançado no Salão do Livro em Paris - França. O importante é que nada subiu à minha cabeça.

Este despretencioso blog, para minha surpresa, é lido,  além do Brasil em outras dezenas de países. Ativado no primero quadrimestre de 2007; hoje, o contador de visitas aponta mais de 50.000 cliques.

Definitivamente, de egresso da Baixada e ex-marujo virar verbete da wikipédia e, se tal não bastasse galhardoado com condecorações da França, Itália e Portugal. Brasileiras algumas militares, civis e políticas que culminaram com a concessão do Título de Barão de Burity é algo que muito me orgulho.
Enveredei por caminhos na defesa do meio ambiente e dele tornei-me SENTINELA DA NATUREZA.
http://www.pastormoysesbarbosa.com/portal_evangelico/ler.php?id=466

Definitivamente, um cidadão honesto e trabalhador ficar rico seria algo difícil de explicar. Será? O consolo é que onde cheguei: - definitivamente, durmo com  a consciência tranquila e tenho "cacife" para refugar a ideia de que no passado participei de "jogadas" para "levar vantagens". Definitivamente, tudo isto um disparate diante do mundo em que vivemos; um mundo mais tecnológico que humanista. Um mundo bem diferente daquele que conheci: - Hoje os meios estão justificando os fins.

Sem arrependimentos definitivamente, tem vezes que meu pensamento falseia diante das palavras de Rui Barbosa:

"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto."



DEFINITIVAMENTE...
Tenhamos honestidade de propósito. Infelizmente dependerá muito do ponto de vista focado. Bem como daquele que foi focado.

Começando pelas leis vigentes em nosso país. Foram aprovadas e sancionadas com o firme propósito de que cada um cumpra com seus deveres e faça valer seus direitos, parece simples. Contudo, sabemos que ele vigora praticando todo tipo de ato desonesto, atuando de forma espúria, fazendo farra com o dinheiro público, construindo grandes fortunas a custa de concessões públicas, e por aí vai.

Definitivamente, a honestidade existe, quanto a colocá-la em prática, aí sim, são outros quinhentos contos de réis.
Para puxar o tapete tem de monte, na hora de estender a mão todo mundo se esconde.

Dito isto, definitivamente, resta-me tão somente colocar um ponto final. Asseverando que nem todos nascem para ser cocheiro, uns nascem para puxar a carroça.





terça-feira, 22 de novembro de 2011

SIMPLES OBSERVAÇÃO...

Na maioria das vezes só entendemos direito o milagre da vida quando deixamos que o inesperado aconteça. Todos os dias Deus nos dá, junto com o sol, um momento em que é possível mudar tudo que nos deixa infelizes.
Muita vezes procuramos fingir que não percebemos esse momento, que ele não existe, que hoje é igual a ontem e será igual  amanhã. Ledo engano! As pessoas não são insubstituíveis, cada pessoa é única. Todos temos uma história que com certeza daria um livro. Uns têm o despreendimento, ousadia ou coragem de escrevê-la.
No viver a vida não existem regras prontas. Cada um tem que descobrir o seu ponto de equilíbrio.
A televisão  como principal entretenimento para "zilhões" de brasileiros discute com muito calor: quantos beijos entre pessoa do mesmo sexo podem ser dados num capítulo ou se um casal gay pode aparecer tomando café de manhã na cama. Fora preconceito! Mas, o que não aparece é alguém lendo um livro.

A grande verdade é que muitos não observam: - Ignorando seus valores tornam-se fácil presa para invasões aculturantes de toda sorte. O resultado na prática é um bando de "dependentes" das "pseudas benesses públicas".

Desejamos mudar o que? Mudar de lugar? Mudar nossos ideais? Mudar nossa maneira de ser? Mudar nosso interior?
Os fatos aí estão e se apresentam de formas incontáveis Uma realidade  de alto preço. O desinteresse pela leitura, diga-se pela cultura, acontece e representa, na prática, a multiplicação de todo tipo de parasitas (corruptos e corruptores) dedicados a prosperar com o dinheiro do Erário Público.

O interessante é que ninguém se declara ou se põe contra o livro, a leitura ou a cultura. Não lendo ou pouco lendo o público pouco pensa, não sente e nem sabe o que é interesse saber.
Às vezes tudo parece como se estivéssemos em um teatro, num terrível e trágico teatro que perturba. Sinal dos tempos? Ou a constatação triste, nua e crua que vivemos um mundo mais tecnológico do que humanista; um mundo de conflitos ideológicos, de incompreensões, de abusos, de desonestidade e de corrupções de toda ordem.

De sã consciência é inadmissível continuarmos convivendo com tantas mazelas. Infelizmente, parte significativa, vive embala pelos "vales" politicamente concedidos. Em síntese, assistimos a banalição e a inversão de valores sociais e no processo de viver a vida deixamos de encontrar o ponto de equilíbrio.

O programa "Profissão Repórter" - TV Globo - 22/11/2011 - mostrou uma realidade que teimamos em não enxergar: a gravidez de meninas entre 11 e 14 anos. Uma mazela social.  São mais de 42.000 casos no norte deste grande Brasil. O problema é uma questão de saúde pública.

Vixe! Brasil cujo dístico ORDEM E PROGRESSO inscrito em sua Bandeira parece uma utopia. E, a inversão de valores já atinge uma das mais antigas instituições a FAMÍLIA.

Qual a sua opinião na abordam desta simples observação? Abrangente que englobou, superficialmente, pitadas de políticas públicas, cidadania, cultura, saúde e a família. Propositalmente foi omitido o assunto  segurança pública.

É inadmissível continuarmos vivendo e acreditando nas falácias daqueles que têm como responsabilidade e dever gerir o nosso país quer no nível federal, estadual ou municipal.

Tudo isto nos conduz, indubitavelmente, a uma profunda reflexão sobre a atualidade e o futuro que nos aguarda. Ou será que não?
Será que estou sendo ca.tas.tró.fi.co?




segunda-feira, 14 de novembro de 2011

RECOMENDO...

Recomendo  a  leitura  do artigo  publicado em:

http://lojamarquesdoherval1624.blogspot.com/2011/11/visita-asilo-rio-branco.html

que  aborda uma   visita  realizada  ao  ASILO  RIO  BRANCO.

O Asilo Rio Branco foi inaugurado em 20 de outubro de 1918, na atual Rua Dom José Thomás, onde está localizado o Ginásio de Esportes Charles Moritz. Atualmente o Asilo funciona na Avenida Hermes Fontes em um prédio que pertence à própria Instituição, sendo mantido por associados, doações e contribuintes que na sua maioria são maçons. O Asilo conta com 37 idosos, sendo 25 mulheres e 12 homens. Existe uma Diretoria que é eleita para um mandato de 4(quatro) anos, podendo ser reeleita, sendo composta por 14(quatorze) diretores que atuam em regime de voluntariado, tendo como atual Presidente o Sr. Orlando Carvalho Mendonça, o qual está na Instituição desde janeiro de 1992. Existe também um Conselho Fiscal.

domingo, 6 de novembro de 2011

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

PAPO CABEÇA...

Sem amarguras. Sem traumas. Entendo que ao ensejo  do 50.000º clique seja oportuno um "Papo Cabeça". Vamos lá:
Aceito as pessoas do jeito que entendem certo, como  se  apresentam e   são.
Amo quem merece, não odeio ninguém, pago minhas contas em dia, cuido da minha família (refiro-me a "família natural" baseada no casamento - cônjuge e filhos).
Gosto de animais, ajudo quem precisa e escrevo apenas e porque gosto. Escrevendo e escrevendo... alivio emoções e tensões emocionais. Escrever é uma saudável válvula de escape.
Nos meus textos, longe de mim, estão tentativas de querer  agradar quem que seja ou até mesmo ser o dono da verdade.
Aos que gostam dos meus textos é uma alegria do tamanho do mundo pra mim. Quem vem aqui e não gosta, tem o meu respeito também.
Neste mundo maluco: - Como em toda e qualquer situação da vida o respeito é fundamental. Assim foram os meus escritos com seus 50.000 cliques. Felizmente pessoas há que concordam... Outros discordam...  A discordância faz parte; afinal triste do  cinza se não  fosse o branco.
Neste papo cabeça, comemorativo do 50.000 º, por favor, entendam que sinceridade o comentar é uma coisa... falta de tato no comentar/julgar é uma coisa oposta.
Se  algo não me agrada eu simplesmente me afasto. Sinceramente, não vejo necessidade, de responder às mais veladas agressões. Muito embora na vida tudo tenha significado e encerre um aprendizado, também, tem um retorno...
Neste   papo cabeça reafirmo: - Não sou e nem me considero o  dono do mundo  e nem da razão.
Obrigado  a  todos que  contribuíram para  que os  50.000  cliques fossem alcançados.

Acreditem! Os mais de 50.000 cliques não subiram à minha cabeça...


2007 ~ 2011


quinta-feira, 27 de outubro de 2011

UMA TRISTE CONSTATAÇAO... UM GESTO DE GRATIDÃO... ATO DE FÉ...

UMA TRISTE CONSTATAÇÃO...

Nos últimos trinta dias vivenciei um problema na coluna.
Hospital para lá... Hospital para cá...
Emergência para lá... Emergência para cá...
Uma consulta ali... outra colá...
Mesmo diante da realidade dura, crua e nua da  falência da saúde pública. Sofri na própria pele o inimaginável: - constatar a precariedade do serviço de saúde da Respeitável Instituição Pública  onde trabalhei por mais de trinta anos. É triste registrar que às 03.00 horas, da manhã, com  dores na coluna escutei de um médico na emergência: - Isto são horas do senhor procurar o hospital. Pasme! Depois de retornar e passar pelas mãos de mais dois médicos. Necessitei de uma consulta no neurologista. A resposta da atendente foi:
-  As marcações estão fechadas. Devem abrir ano que vem.
Por uma questão de sobrevivência a necessária Ressonância Magnética foi realizada fora do Sistema de Saúde daquela Instituição.
Perseverei. Deus é Pai não é padastro.

GESTO DE GRATIDÃO...

Sem entrar em outros detalhes, mesmo os mais relevantes, eis que fui entregue aos cuidados de um acupunturista


 

Depois de quase trinta dias de dores e noites em claro... Bastou apenas uma sessão de duas horas para que o meu otimismo fosse revigorado. Que as dores deixassem de ser a constante companheira.

Obrigado Tatsuya! Que Deus continue conduzindo as tuas mãos  e dirigindo as "pequenas agulhas"

para o ponto certo.

Registrada a minha eterna gratidão. Distinto Tatsuya, além do meu muito obrigado, aceite o meu abraço fraterno e amigo do qual compartilham Daise (minha esposa) e Elda (minha filha).


ATO DE FÉ...

Por último, mas não menos importante, que Aquele que tudo vê, tudo pode e tudo sabe possa me conceder a graça de uma lenta e progressiva recuperação.

O Senhor é meu Pastor e nada me faltará.

Constatação... dias depois desta postagem...

Como não há mal que sempre dure... Dias depois as coisas entraram nos eixos.
Atendimentos normalizados etc etc
De qualquer maneira ficou a lição de que, muitas das vezes, a passividade e o entender que as coisas são asssim mesmo nos prejudicamos. Assim como ao Estado compete proporcionar educação, saúde e segurança; você tem lutar pelos seus direitos e por sua qualidade de vida.


Hoje, 06/12/2011 diante dos fatos e seus desdobramentos a confiança no Sistema foi restabelecida.






sexta-feira, 21 de outubro de 2011

TEMPO...

Tendo como tema o TEMPO... muito já escrevi. Entendo que nele existe uma inesgotável fonte de  inspiração.
No   auge  dos  meus  70  anos creio, também, seja um oportuno momento para versejar o  TEMPO.


TEMPO

No caleidoscópio do tempo
Olhando para o céu
Vejo pássaros voando.

Escrevendo poesias
Com a pena na mão
Escrevo e meu deixo ir...

Rimando...
conjugando verbos...
Poesias fluem...

No auge dos 70 anos
Pouco importa
a marcha do tempo.

Em verdade
não há como disfarçar o indisfarçável...
o tempo desgasta a matéria...

#
##
###

Um dia serei, simplesmente, um punhado de pó.





sábado, 15 de outubro de 2011

CONCURSO DE REDAÇÃO...

ABL e Itamaraty lançam concurso de redação em homenagem ao Barão do Rio Branco

A Academia Brasileira de Letras e o Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty), por intermédio da Fundação Alexandre de Gusmão (Funag) lançam o “Concurso de Redação Barão do Rio Branco – 100 anos”, que se insere na celebração do primeiro centenário da morte de José Maria da Silva Paranhos Júnior, Barão do Rio Branco, que ocorrerá em 10 de fevereiro do próximo ano.

Poderão ser inscritos alunos do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, regularmente matriculados em escola reconhecida. A redação visa avaliar a capacidade de expressão escrita e o conhecimento dos estudantes sobre a vida e a obra de Rio Branco, Patrono da Diplomacia Brasileira.
Cada candidato poderá participar com apenas uma redação, que deverá ter extensão mínima de 60 (sessenta) e máxima de 90 (noventa) linhas. Para validar a participação, o candidato deverá preencher o formulário de inscrição que encontra-se no Edital (disponível também no site http://www.funag.gov.br/) e enviá-lo a concursos@academia.org.br, até às 18h da sexta-feira, dia 25 de novembro de 2011. As inscrições encaminhadas depois desta hora e dia serão automaticamente recusadas.
A data limite para entrega da redação será a dia 10 de março de 2012, sexta-feira. Cada autor premiado receberá a importância de R$ 2 mil, a ser depositada na conta bancária em nome do beneficiário.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

LYBIO MAGALHÃES



(Para melhor visualizar clique no texto.)



Ao ler a poesia de Lybio Magalhães ENCANTAMENTO confesso que voltei à minha infância.
Recordar a minha infância trouxe saudades...
Mas, com certeza na terceira idade, sonhar é não deixar de ser criança.
Obrigado! Confrade e Amigo Lybio pelo oportunidade de viver momentos
que vão longe no tempo e no espaço.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

terça-feira, 27 de setembro de 2011

ULTRAPASSANDO A BARREIRA DOS 70...

(Para melhor visualizar clique na figura.)

Bom dia!


Uma surpresa é boa... Duas é demais...

Obrigado pelos momentos diferenciados. A felicidade é feita de momentos.

Somente uma coisa não gostei. Por favor, arranjem outra desculpa para me tirar de casa. Entendam o coração de um septuagenário quanto a surpresas e choque térmico... Primeiro o carro sem gasolina... Depois o carro bateu... E vem o ato derradeiro: - Ao retornar do pseudo socorro, abrindo a porta do apat em que resido. Sou surpreendido por um externar de amizade e consideração que estão acima da minha capacidade de administrar no emocional. Lá estavam alguns amigos, capitaneados pela Elda (minha filha).

Olha o meu coração!!!!!!!!!!! rs rs rs rs

Obrigado!!!!!!!!!!!!!!!!! Valeu!!!!!!!!!!!!

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

I INTERCÂMBIO CULTURAL...

Durante o I Intercâmbio Cultural - AMACLERJ x ALB-Mariana fui homenagenado com uma Placa de Mérito Cultural da Academia Infanto-Juvenil Marianense de Letras e respectivo Diploma  outorgado pela Academia de Letras do Brasil - Mariana - MG pela relevante atuação e contribuição à cultura mineira e brasileira.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

OUVIR O INAUDÍVEL...

- Ouvir o inaudível é ter a calma necessária para se tornar uma grande pessoa.

Apenas quando se aprende a ouvir o coração das pessoas, seus sentimentos mudos, seus medos não confessados e suas queixas silenciosas, uma pessoa pode inspirar confiança ao seu redor; entender o que esta errado e atender as reais necessidades de cada um.

O Final de uma relação começa quando as pessoas ouvem apenas as palavras pronunciadas pela boca, sem se atentarem no que vai no interior das pessoas para ouvir os seus sentimentos, desejos e opiniões reais.

É preciso, portanto, ouvir o lado inaudível das coisas, o lado não mensurado, mas que tem o seu valor, pois é o lado do ser humano...

sábado, 17 de setembro de 2011

PUBLICADO NO JORNAL NOVIDADES...

O jornal NOVIDADES com distribuição gratuita e dirigida no bairro do Méier e Grande Méier, na edição SETEMBRO 2011 Ano II Edição 27, publicou matéria abordando a outorga do PRÊMIO BARBOSA LIMA SOBRINHO DE JORNALISMO outorga pela Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) uma proposição de autoria do Deputado Estadual Gilberto Palmares pelo PL 1416/2010.
A outorga ocorreu no dia 22 de agosto pp, em Sessão Alusiva ao Dia do Maçom, realizada no Plenário da ALERJ.
◄↨↨↔­­­↨↨►

Matéria disponibilizada no site do Jornal Novidades em

Veja matéria inicial disponibilizada no dia 23 de agosto de 2011.



quinta-feira, 15 de setembro de 2011

NÃO TE IRRITES...



Não te irrites, por mais que te fizerem.
Estuda, a frio, o coração alheio.
Farás, assim, do mal que eles te querem,
Teu mais amável e sutil recreio.


Mário Quintana.

domingo, 11 de setembro de 2011

ACADEMIA DE VALPARAISO - CHILE

Agora estou no Chile. Qual a razão? Recebi o TÍTULO DE MEMBRO HONORÁRIO DA ACADEMIA DE LETRAS Y ARTES DE VALPARAISO - CHILE.

O convite


A Mesa Diretora

A outorga ocorreu nas dependências do Espaço 20 - Rua L Quadra 29 Lote 7 - Parque Burle - Cabo Frio - RJ, no dia 09 de setembro de 2011.



 
O Diploma.


Eu e Daise após a outorga.


Eu e a Presidente da ALAV - Delegação Brasil - Acad. Izabelle Valladares.
Naquela solenidadade desempenhei a função/encargo de mestre de cerimônias


quarta-feira, 7 de setembro de 2011

PALAVRAS PERTINENTES...

Recebi as palavras abaixo de um Grande Irmão, Amigo e Confrade. Mutatis mutantis será que existe alguma relação com a matéria anterior?

Quem acha que é melhor que os outros, deve ir ao cemitério,
e verá que o mundo é apenas um punhado de pó.

sábado, 3 de setembro de 2011

O TEMPO É O SENHOR DA RAZÃO.

Cheguei à conclusão que não estou me  bandeando para lá ou para acolá conforme dito alhures. Entendi tratar-se de uma atitude provocativa. Consequentemente, a minha resposta foi um disfarçado sorriso acompanhado  do silêncio.

Entretanto, posteriormente, meditando sobre o fato. Consultando o dicionário para certificar-me do significado do vocábulo BANDEAR. Encontrei:

Bandear -  1  Mudar de banda, de lado, de opinião, de partido. [ta.: O vereador ameaçou bandear (-se) para a oposição: A família bandeou (-se) para a periferia.] [int.: Quando se sentia ameaçado, bandeava (-se).]
  2  Agitar ou mover-se para uma e outra banda; balancear(-se), oscilar. [td.: bandear uma bandeira.] [int.: Sentiu-se tonto, bandeou e caiu.]
  3  Fazer pender, inclinar, cair para a banda, para o lado. [td.: O vendaval bandeou as árvores.]

v.td.
  1  Juntar(-se) em bando; ABANDAR(-SE); ABANDEAR(-SE): Bandeou comparsas para luta

Será que estou me bandeando. Claro que não! Mas, tendo que conviver com as pessoas invejosas e, principalmente, com aquelas que usando de argumentos/subterfúgios duvidosos tentam a mim imputar atitudes que estão longe da maneira com que  na vida procuro me posicionei: - Não me submeto a atitudes arbitrárias ou autoritárias. Cheguei à conclusão que o agente ao usar a palavra BANDEAR foi infeliz  no emprego do verbo, se visto de maneira vernácula. Se a ideia foi provocar-me para que eu tivesse uma reação explosiva. Lamento  ter decepcionado.

Hoje, mais do que ontem cheguei à conclusão de que cada um só dá aquilo que tem. Com isto não estou tentanto travestir de santinho ou tentando obter morada em redoma de vidro. Definitivamente, não vou gastar minhas forças  respondendo a todas as provocações e insinuações. Foi-se o tempo em que está era a minha tônica.
Portanto, xô! sandices... 
Independente do tempo, local ou espaço. Acredito que o tempo é o senhor da razão.

Deixando de lado a ironia, o tempo, também, destrói os mais fortes alicerces... Vejamos o que o tempo fez com tantos outros valores e costumes. Muito embora, sendo a favor da renovação e evolução; impossível deixar de admitir que em alguns pontos o tempo destrói o que é bom.

Oh! Tempo soturno cocheiro... 
Como tenho saudades do tempo do simples e descomplicado.
Tempo do temor a Deus.
 Tempo do respeito.
Tempo da família. 

Mesmo admitindo que o tempo seja o senhor da razão... o tempo por muitas vez é um carrasco.



terça-feira, 23 de agosto de 2011

PRÊMIO BARBOSA LIMA SOBRINHO DE JORNALISMO

(Da esquerda para a direita Dep. Iranildo Campos, eu, o Dep. André Ceciliano e o Dep. Paulo Ramos)

Em solenidade realizada no dia 22 de agosto de 2011, no plenário da ALERJ, alusiva ao DIA DO MAÇOM, recebi das mãos do Deputado Estadual Iranildo Campos o Prêmio Barbosa Lima Sobrinho de Jornalismo uma proposição do Deputado Estadual Gilberto Palmares através do PL 1416/2010.
Mesmo enxergando a pirâmide social de maneira  invertida e, consequentemente, me consumindo na utopia do viver na pluralidade de ideias, na confraria das boas ações e nos poemas ecoados do fundo da alma. Independenre das ações do exógeno no pensar e/ou agir. Considero o Prêmio Barbosa Lima Sobrinho de Jornalismo de alta relevância e incentivador pela similitude com a atividade de escritor e poeta.
Portanto, por tudo que recebi e recebo obrigado meu Deus e Senhor por manter-me vivo, acordado e energizado.


(Por favor, para melhor visualizar clique nas figuras.)

domingo, 21 de agosto de 2011

SEMINÁRIO ACADÊMICO CULTURAL

Por favor, para melhor visualizar clique nas figuras.


Lá estive:


No decorrer da Solenidade de Gala, dia 19/08 - sexta-feira -fui agraciado com o Título de Membro Honorário.


Obrigado pela acolhida cavalheiresca, fraterna e amiga com que fui distinguido no período de 18 a 21 de agosto de 2011.


quinta-feira, 11 de agosto de 2011

EDUCAÇÃO... INSTRUÇÃO... EDUCAÇÃO...

Ao invés de ficarmos repetindo o conhecido jarrão:
"O povo unido jamais será vencido".
 Podemos aperfeiçoá-lo, afirmando, em alto e bom som ou tom, que:
"O povo instruído jamais será vencido".

Chega de que estudar é maçante!

Sem instrução e educação um povo é órfão. Torna-se presa fácil para invasões aculturantes de toda sorte. Que consigamos realizar os verdadeiros propósitos que nos animam em nossa caminhada no continuado destino que o futuro nos reserva.

Até hoje, lembro-me das sábias palavras de minha mãe: "estuda menino, só assim será alguém na vida". Por mais que aquela frase parecesse antiquada, ela fazia todo o sentido. A educação é base de uma sociedade mais justa, uma sociedade mais limpa, mais moral. A educação é tudo na vida de uma pessoa.


Não estou falando somente da educação de ser educado, gentil. Nem tão pouco da educação em forma de instrução, estou falando de ambas, é preciso ser educado e instruído. 

terça-feira, 9 de agosto de 2011

CUIDANDO DO DINHEIRO...


Você terá mais dinheiro daqui para frente. Como? Controlando seus gastos. A tarefa de pagar as contas em dia e fazer uma graninha sobrar no fim do mês pode parecer impossível. Afinal, ninguém está com a carteira cheia agora... Mas, com força de vontade e adaptações no cotidiano, você pode, sim, planejar o orçamento perfeito.
Acredite! De grão em grão a galinha enche o papo. E você, de moeda em moeda enche o cofrinho.



segunda-feira, 8 de agosto de 2011

MESTRES


Todos nós somos mestres uns dos outros nesta vida. Portanto, canalizemos as qualidades da sabedoria na direção dos outros, falando sobre suas experiências, mostrando caminhos para os problemas alheios, oferecendo uma perspectiva intuitiva e emocionalmente inteligente para as outras pessoas.

Cuidado!!!!!!!!!!! Apenas para não dar respostas prontas demais, lembre-se que cada ser humano precisa chegar sozinho às próprias conclusõs. Uma ótima opção:
Esperar o outro perguntar e solicitar sua opinião, antes de dá-la.
O desejo de querer ajudar pode lhe levar a se intrometer onde não é conveniente.

Eu estou me esforçando. E você?
Pense nisto!!!!

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

SILÊNCIO...

O silêncio é a mais perfeita expressão do desprezo.
(George Bernard Shaw)

Perdoar? Só Deus!
A desculpa não evita a mágoa, mas faz um bom curativo no machucado.
Há pessoas que magoam as outras e não conseguem pedir desculpas nunca.
Por orgulho? A resultante é que o magoado vai se afastando... se afastando...
e aquele lindo relacionamento, simplesmente, se perde... acaba...
Não esqueça!
- Cada dia permite que se aprenda algo de novo.




quarta-feira, 3 de agosto de 2011

DIVULGAÇÃO...

de notre ambassadeur Charles Mercieca, Ph.D. U S APresidentInternational Association of Educators for World PeaceDedicated to United Nations Goals of Peace Education,Environmental Protection, Human Rights & DisarmamentProfessor Emeritus, Alabama A&M UniversityHon President & Professor, SBS Swiss Business School, Zurich votre indulgence pour les traduction merci !




In the history of creation and evolution, the mind has always been viewed as the seat of intelligence and wisdom. This seat has been influenced greatly by specific cultures which vary from one place to another. It explains why the mind has also been viewed as the seat of judgment, which could often be objective or subjective. A judgment may be seen as objective when the item involved is perceived as the same from every possible angle of envisionment. God’s Wisdom in Perspective On the other hand, a judgment may be perceived as subjective when the item under consideration appears to be different from diverse angles. Ascetical writers and theologians tell us that God sees things from 360 angles at the same time. Hence, He reveals Himself to be supreme and fully reliable in whatever He has to say. This reveals the wisdom on relying on God in everything we try to do especially that He is always concerned with the welfare of all people without exception. From the early days of human existence, God has viewed all people as His very own beloved children. One of the greatest attributes of God lies in the fact that He is perennial and unchangeable. What was good for God thousands and millions of years ago, it is still good for Him today. As a matter of fact, it will remain good for Him even over the next thousands and millions of years. Over the centuries He provided us with guidelines which, when followed, humans always felt well and happy. Problems always developed when people began to disregard them. This is generally due to the fact that humans tend to have a tunnel-vision, which prevents them from seeing the total picture under consideration. We may begin to realize and understand why the history of this world is full of human conflicts that have caused so much pain and suffering to this very day. Is there a way that could enable us to live in a peaceful and harmonious society in which everyone will be a winner and no one a loser? The answer is a qualitative yes but we must first develop the will to do something positive and constructive. Actions of this nature can only be taken if they are geared toward the welfare of all people without exception. If we were to analyze the history of human relations revealed, for example, in the various forms of governments, we would soon discover that most of the time the good sought was geared toward the welfare of some but to the detriment of others. We know that what goes around comes around. This means if we promote good we would experience the benefits of it and if we promote evil we would suffer the consequences.

Importance and Power of Prayer On this point, the Blessed Virgin told the six children in Medjugorje that with prayer we can suspend the laws of nature. All this demonstrates that, from a supernatural standpoint, those that resort periodically to prayer emerge to become very powerful in the world in bringing about good change in the best interest of all people without exception. From studies that were made over a period of time, we find out that all people share very similar desires. For example, they all would like to live a long life full of good health and happiness. The primary job of every responsible government is to make sure that their people are provided with all needed opportunities toward this noble goal of theirs. Hence, they various governments have the obligation to develop an international program of disarmament and arms control, to abolish all nuclear weapons and landmines, and eliminate all air and water pollution. Besides, we should safeguard the human rights of all people who, by their very nature, are entitled to have free health care and free education from the cradle to the grave. All schools should become effective instruments for the creation of a global community that is characterized by peace and harmony. We learned from the past history of 6,000 years of recorded civilization that when we have peace everyone is a winner but when we have war everyone is a loser. Resorting to peace through good dialogues and healthy diplomacy will enable us to achieve anything positive and constructive we want. On the other hand, resorting to war through never-ending conflicts and struggles is a self-defeating purpose that we may regret enormously in due time. We need to keep in mind that when there is a will there is a way. If we concentrate on doing everything positive and constructive in the best interest of all people without exception we are bound to reap great benefits that may last long. When the Master Teacher of Nazareth was asked what we need to do to be good, He said: Imitate the Father who is in heaven. In our case, we need to do our best to replace the human mind-set with the divine mind-set. We have merely to do our best and then God will do the rest.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

sábado, 23 de julho de 2011

O PONTO ESCURO...

O PONTO ESCURO

Certo dia, um professor entrou na sala de aula e disse aos alunos para se prepararem para uma prova relâmpago. Todos se sentiram assustados com o teste que viria. O professor entregou então, a folha com a prova virada para baixo, como era de costume...

Quando puderam ver, para surpresa de todos, não havia uma só pergunta ou texto, apenas um ponto negro no meio da folha.

O professor analisando a expressão surpresa de todos, disse:

- Agora vocês vão escrever um texto sobre o que estão vendo.

Todos os alunos, confusos, começaram a difícil tarefa. Terminado o tempo, o professor recolheu as folhas, colocou-se na frente da turma e começou a ler as redações em voz alta.

Todas, sem exceção, definiram o ponto negro tentando dar explicações por sua presença no centro da folha.

Após ler todas, a sala em silencio, ele disse:

- Esse teste não será para nota, apenas serve de aprendizado para todos nós. Ninguém falou sobre a folha em branco. Todos centralizaram suas atenções no ponto negro. Assim acontece em nossas vidas. Temos uma folha em branco inteira para observar, aproveitar, mas sempre nos centralizamos nos pontos negros. A vida é um presente de DEUS dado a cada um de nós, com extremo carinho e cuidado. Temos motivos pra comemorar sempre. A natureza que se renova, os amigos que se fazem presentes, o emprego que nos dá sustento, os milagres que diariamente presenciamos. No entanto, insistimos em olhar apenas para o ponto negro. O problema de saúde que nos preocupa, a falta de dinheiro, o relacionamento difícil com um familiar, a decepção com um familiar, a decepção com um amigo. Os pontos negros são mínimos em comparação com tudo aquilo que temos diariamente, mas são eles que povoam nossa mente. Pense nisso. Tire os olhos dos pontos negros da sua vida. Aproveite cada benção, cada momento que Deus lhe dá. Creia que o choro pode durar até o anoitecer, mas a alegria logo vem no amanhecer. Tenha essa certeza, tranqüilize-se e seja feliz!!!
 
(Autor Desconhecido)

quarta-feira, 20 de julho de 2011

DIVULGAÇÃO...


De notre ambassadrice Maria do Carmo Guerreiro Viola da Silveira BRESIL


O que é a PAZ?

Normalmente essa palavrinha tão pequena, mas com um conteúdo tão grande, representa um estado de calma e tranquilidade.

A paz é um estado de espírito onde não cabe desconfiança ou sentimentos negativos.

Promover a Paz, compartilhar a Paz!

Essa frase deveria ser lema das pessoas do mundo inteiro, desde os seus governantes até todos os habitantes do planeta terra.

Que maravilhoso seria o mundo se isso pudesse acontecer, quando a humanidade se conscientizasse que a violência não leva a nada.

Esta Paz tão sonhada e desejada por todas as nações, cantada em verso e prosa, nunca deveria ser esquecida, já que ela é elo de ligação entre nações, famílias e pessoas de raças e cores diferentes.

Grandes vultos de renome mundial receberam o Premio Nobel da Paz, entre eles Martin Luther King, Madre Teresa de Calcutá, Nelson Mandela e outros....

Eu, como pessoa humana, pratico a Paz, sou completamente da Paz.

“Devo florescer onde Deus me plantou” (Santa Teresinha).

segunda-feira, 18 de julho de 2011

ALDRAVIA

Abordando a tolerância...

Destemperos
juízo
precipitado
Atitude
indispensável
Tolerância

TOLERÂNCIA...

Exercitar a tolerância é uma forma de manifestação de consciência cujo objetivo é conquistar a verdadeira moral, a paz e o bem-estar social.

Mahatma Gandhi afirmou:
"Desconfie das pessoas que vendem ferramentas,  mas que não as usam, ou seja, pregam a tolerância e dela não fazem uso. Portanto a prática da tolerância é indispensável para todo aquele que a exige."

Disse Shakespeare:
"Não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso."

Portanto,, devemos ser tolerantes com os atos destemperados. Não fazer juízo  precipitado é uma das faces da tolerância. Em síntese, precisamos ser tolerantes com a intolerância dos outros para que ele reflita e passe a seguir o nosso exemplo.

Assim como pode-se viver com pecadores e ser tolerante, sem ser conivente. Podemos perdoar a intolerância sem esquece-la.

A tolerância está na Sabedoria que se faz no respeito à individualidade e ao direito do outro.