Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!



segunda-feira, 31 de outubro de 2011

PAPO CABEÇA...

Sem amarguras. Sem traumas. Entendo que ao ensejo  do 50.000º clique seja oportuno um "Papo Cabeça". Vamos lá:
Aceito as pessoas do jeito que entendem certo, como  se  apresentam e   são.
Amo quem merece, não odeio ninguém, pago minhas contas em dia, cuido da minha família (refiro-me a "família natural" baseada no casamento - cônjuge e filhos).
Gosto de animais, ajudo quem precisa e escrevo apenas e porque gosto. Escrevendo e escrevendo... alivio emoções e tensões emocionais. Escrever é uma saudável válvula de escape.
Nos meus textos, longe de mim, estão tentativas de querer  agradar quem que seja ou até mesmo ser o dono da verdade.
Aos que gostam dos meus textos é uma alegria do tamanho do mundo pra mim. Quem vem aqui e não gosta, tem o meu respeito também.
Neste mundo maluco: - Como em toda e qualquer situação da vida o respeito é fundamental. Assim foram os meus escritos com seus 50.000 cliques. Felizmente pessoas há que concordam... Outros discordam...  A discordância faz parte; afinal triste do  cinza se não  fosse o branco.
Neste papo cabeça, comemorativo do 50.000 º, por favor, entendam que sinceridade o comentar é uma coisa... falta de tato no comentar/julgar é uma coisa oposta.
Se  algo não me agrada eu simplesmente me afasto. Sinceramente, não vejo necessidade, de responder às mais veladas agressões. Muito embora na vida tudo tenha significado e encerre um aprendizado, também, tem um retorno...
Neste   papo cabeça reafirmo: - Não sou e nem me considero o  dono do mundo  e nem da razão.
Obrigado  a  todos que  contribuíram para  que os  50.000  cliques fossem alcançados.

Acreditem! Os mais de 50.000 cliques não subiram à minha cabeça...


2007 ~ 2011


quinta-feira, 27 de outubro de 2011

UMA TRISTE CONSTATAÇAO... UM GESTO DE GRATIDÃO... ATO DE FÉ...

UMA TRISTE CONSTATAÇÃO...

Nos últimos trinta dias vivenciei um problema na coluna.
Hospital para lá... Hospital para cá...
Emergência para lá... Emergência para cá...
Uma consulta ali... outra colá...
Mesmo diante da realidade dura, crua e nua da  falência da saúde pública. Sofri na própria pele o inimaginável: - constatar a precariedade do serviço de saúde da Respeitável Instituição Pública  onde trabalhei por mais de trinta anos. É triste registrar que às 03.00 horas, da manhã, com  dores na coluna escutei de um médico na emergência: - Isto são horas do senhor procurar o hospital. Pasme! Depois de retornar e passar pelas mãos de mais dois médicos. Necessitei de uma consulta no neurologista. A resposta da atendente foi:
-  As marcações estão fechadas. Devem abrir ano que vem.
Por uma questão de sobrevivência a necessária Ressonância Magnética foi realizada fora do Sistema de Saúde daquela Instituição.
Perseverei. Deus é Pai não é padastro.

GESTO DE GRATIDÃO...

Sem entrar em outros detalhes, mesmo os mais relevantes, eis que fui entregue aos cuidados de um acupunturista


 

Depois de quase trinta dias de dores e noites em claro... Bastou apenas uma sessão de duas horas para que o meu otimismo fosse revigorado. Que as dores deixassem de ser a constante companheira.

Obrigado Tatsuya! Que Deus continue conduzindo as tuas mãos  e dirigindo as "pequenas agulhas"

para o ponto certo.

Registrada a minha eterna gratidão. Distinto Tatsuya, além do meu muito obrigado, aceite o meu abraço fraterno e amigo do qual compartilham Daise (minha esposa) e Elda (minha filha).


ATO DE FÉ...

Por último, mas não menos importante, que Aquele que tudo vê, tudo pode e tudo sabe possa me conceder a graça de uma lenta e progressiva recuperação.

O Senhor é meu Pastor e nada me faltará.

Constatação... dias depois desta postagem...

Como não há mal que sempre dure... Dias depois as coisas entraram nos eixos.
Atendimentos normalizados etc etc
De qualquer maneira ficou a lição de que, muitas das vezes, a passividade e o entender que as coisas são asssim mesmo nos prejudicamos. Assim como ao Estado compete proporcionar educação, saúde e segurança; você tem lutar pelos seus direitos e por sua qualidade de vida.


Hoje, 06/12/2011 diante dos fatos e seus desdobramentos a confiança no Sistema foi restabelecida.






sexta-feira, 21 de outubro de 2011

TEMPO...

Tendo como tema o TEMPO... muito já escrevi. Entendo que nele existe uma inesgotável fonte de  inspiração.
No   auge  dos  meus  70  anos creio, também, seja um oportuno momento para versejar o  TEMPO.


TEMPO

No caleidoscópio do tempo
Olhando para o céu
Vejo pássaros voando.

Escrevendo poesias
Com a pena na mão
Escrevo e meu deixo ir...

Rimando...
conjugando verbos...
Poesias fluem...

No auge dos 70 anos
Pouco importa
a marcha do tempo.

Em verdade
não há como disfarçar o indisfarçável...
o tempo desgasta a matéria...

#
##
###

Um dia serei, simplesmente, um punhado de pó.





sábado, 15 de outubro de 2011

CONCURSO DE REDAÇÃO...

ABL e Itamaraty lançam concurso de redação em homenagem ao Barão do Rio Branco

A Academia Brasileira de Letras e o Ministério das Relações Exteriores (Itamaraty), por intermédio da Fundação Alexandre de Gusmão (Funag) lançam o “Concurso de Redação Barão do Rio Branco – 100 anos”, que se insere na celebração do primeiro centenário da morte de José Maria da Silva Paranhos Júnior, Barão do Rio Branco, que ocorrerá em 10 de fevereiro do próximo ano.

Poderão ser inscritos alunos do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, regularmente matriculados em escola reconhecida. A redação visa avaliar a capacidade de expressão escrita e o conhecimento dos estudantes sobre a vida e a obra de Rio Branco, Patrono da Diplomacia Brasileira.
Cada candidato poderá participar com apenas uma redação, que deverá ter extensão mínima de 60 (sessenta) e máxima de 90 (noventa) linhas. Para validar a participação, o candidato deverá preencher o formulário de inscrição que encontra-se no Edital (disponível também no site http://www.funag.gov.br/) e enviá-lo a concursos@academia.org.br, até às 18h da sexta-feira, dia 25 de novembro de 2011. As inscrições encaminhadas depois desta hora e dia serão automaticamente recusadas.
A data limite para entrega da redação será a dia 10 de março de 2012, sexta-feira. Cada autor premiado receberá a importância de R$ 2 mil, a ser depositada na conta bancária em nome do beneficiário.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

LYBIO MAGALHÃES



(Para melhor visualizar clique no texto.)



Ao ler a poesia de Lybio Magalhães ENCANTAMENTO confesso que voltei à minha infância.
Recordar a minha infância trouxe saudades...
Mas, com certeza na terceira idade, sonhar é não deixar de ser criança.
Obrigado! Confrade e Amigo Lybio pelo oportunidade de viver momentos
que vão longe no tempo e no espaço.