Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
#FocoForçaeFé
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

"Considere como é difícil modificar a si mesmo e você entenderá quão pouca chance tem ao tentar modificar outras pessoas." - Jacob M. Braude

"Seja em você a mudança que quer para o mundo" - Ghandi´

Aos preconceituosos e aos piadistas, sugiro que olhem para si mesmos antes de julgarem os outros... Quem aponta um dedo para alguém, aponta três para si mesmo.


Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.
DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA - POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO ABAIXO...
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e alteradas com programa de edição de imagem.

PARA MEDITAR...

"OS HOMENS PASSAM, A OBRA PERMANECE!"

"GARIMPANDO AMIZADES:
PERDI MUITOS DIAMANTES ENQUANTO OCUPADO GARIMPAVA NO MEIO DE FALSAS PEDRAS PRECIOSAS."

"NÃO ME IMPORTO COM O QUE OS OUTROS PENSAM DE MIM. IMPORTO-ME COM O QUE EU PENSO E COM O QUE FAÇO. EIS UMA DAS CARACTERÍSTICAS DO MEU CARÁTER."

"NINGUÉM É OBRIGADO A GOSTAR DE ALGUÉM, MAS EXISTE UMA COISA QUE SE CHAMA: RESPEITO!"
Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços e valores. Reviravoltas. Ficamos surpresos... Às vezes, no caminho um pensamento nos faz dizer: -"Este é o pior momento da minha vida". Mas quer saber ? No final do caminho, das diversidades mais difíceis, o que não nos mata - nos torna mais forte.
Agora as diversidades não importam. Eis o dilema! A vida é uma jornada e não um aleatório destino. Egresso da Baixada Fluminense... Ex-Marujo...
De bem com a vida - acordado e energizado - faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens. Quem renega as suas origens, nega a si mesmo.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!


sexta-feira, 10 de julho de 2009

ALGUMAS CONSIDERAÇÕES...

Algumas considerações ...

Segundo o Dicionário Eletrônico Aurélio:

Crítica
Filos. Reconhecimento do valor de uma idéia ou de um fenômeno, i. e., do grau de perfeição deles relativamente a um fim determinado; crítica.

Criticador
Aquele que tem por costume criticar, dizer mal de alguém ou de algo.

Crítica... crítica... contínuo não entendendo: - Qual razão para que algumas pessoas façam da crítica uma norma de conduta? Estou falando da crítica pela crítica que deixa qualquer grupo vulnerável e semeia a discórdia. Ou existe alguma dúvida quanto ao fato de que a administração é profundamente influenciada pelas pressuposições implícitas ou explícitas a respeito da natureza das pessoas? A disciplina e a motivação decorrem de algumas pressuposições. Por exemplo, McGregor identificou dois conjuntos de pressuposições, aos quais denominou Teoria X e Teoria Y.
A Teoria X - com uma abordagem tradicional e envolvendo as convicções negativas a respeito das pessoas ou seja com convicções negativas a respeito das pesssoas com moldagem em características autocráticas e impositivas. A Teoria Y -a abordagem moderna - envolve convicções positivas que levam assumir uma postura democrática e consultiva.
Na Teoria X - predomina a manipulação das pessoas, a coação e o temor. Por ela as pessoas são tidas indolentes e preguisoças e, portanto, precisam ser coagidas e ameaçadas.
Qual das Teorias você exercita? Eu prefiro a Teoria Y.

Respeito todas as opiniões. Sei ouvir. Mas que a crítica pela crítica, por excelência, é perniciosa. Se você der ouvido ao criticador, acabará desaguando naquele ping-pong de palavras para lá... palavras para cá... eu não disse isto... eu não quis dizer isto... não foi bem assim...
A quem interessar possa: - Com quase 70 anos de vida, cheguei à conclusão: - No trato com o costumeiro criticador, exprimo os versos populares: - " Era, não era, andava lavrando e tinha um filho chamado Fernando". Pessoas há que não compreendem o alcance desta filosofia. Ficam obtusos olhando para mim. "Era, não era andava lavrando e tinha um filho chamado Fernando. Cagando e andando e sendo aplaudido". Algo parecido com a filosofia do cavalo no desfile de 7 de Setembro.

A crítica, quando tiveres de fazê-la, deve ser positiva, com espírito de colaboração, construtiva, e nunca às escondidas do interessado. Se não, é uma traição, uma murmuração, uma difamação, talvez uma calúnia... e, sempre, uma falta de honradez. (Josemaria Escrivá)

Finalizando:

Quando apontares com um dedo, lembra-te de que outros três dedos teus apontam para ti.
(Provérbio inglês)