Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!



sábado, 26 de junho de 2010

ESCRITOS DE UM POETA...

Dizem por aí, através da expressão: "isso é coisa de poeta" e que por extensão um escritor vive com "a cabeça no mundo da lua" e "com o olhar no infinito" tendo o "coração nas estrelas e poucas ações terrenas".
Para mim o poeta vive por detrás de arco íris, onde existe um tesouro, que não é matéria nem ouro. Trata-se de algo, inexplicável e pulsante que eleva a patamares mais altos... Propiciando que aflorem composições regidas com a alma e com o coração.
Não importa quem somos, de onde viemos. A verdade é que independe de classe ou condição social: - Todos têm essência.
Desde o lançamento do meu primeiro livro , em 1987, o tempo passou rápido... Tudo pareceu um sonho... em 2004 ingressei na Academia de Letras e Artes do Estado do Rio de Janeiro (ACLERJ). Onde, contagiado pelo exemplo e competência dos meus pares. Além de crônicas, passei a escrever poesias.
A expressão latina: "Non ego paucis offendar maculus". Do velho Horácio não é lei que tenha caducado com as revoluções literárias: é máxima do bom senso, a qual, parece-me não deve somente incrustar-se nas cacholas daqueles que se deixarão navegar pelo fruto de suas elucubrações, mas, também, que ilumine o cérebro dos críticos quando proferirem sentenças de morte contra um poeta.
Que os poetas possam se libertar dos preconceitos, vaidades, orgulho, ambições, etc Levantando Templos à virtude, à humildade e ao altruísmo, procurando se despojar da volúpia e da euforia dos bens materiais, valorizando com suas composições escritas a tranquilidade dos bens espirituais, o belo e o amor.