Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
#FocoForçaeFé
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

"Considere como é difícil modificar a si mesmo e você entenderá quão pouca chance tem ao tentar modificar outras pessoas." - Jacob M. Braude

"Seja em você a mudança que quer para o mundo" - Ghandi´

Aos preconceituosos e aos piadistas, sugiro que olhem para si mesmos antes de julgarem os outros... Quem aponta um dedo para alguém, aponta três para si mesmo.


Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.
DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA - POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO ABAIXO...
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e alteradas com programa de edição de imagem.

PARA MEDITAR...

"OS HOMENS PASSAM, A OBRA PERMANECE!"

"GARIMPANDO AMIZADES:
PERDI MUITOS DIAMANTES ENQUANTO OCUPADO GARIMPAVA NO MEIO DE FALSAS PEDRAS PRECIOSAS."

"NÃO ME IMPORTO COM O QUE OS OUTROS PENSAM DE MIM. IMPORTO-ME COM O QUE EU PENSO E COM O QUE FAÇO. EIS UMA DAS CARACTERÍSTICAS DO MEU CARÁTER."

"NINGUÉM É OBRIGADO A GOSTAR DE ALGUÉM, MAS EXISTE UMA COISA QUE SE CHAMA: RESPEITO!"
Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços e valores. Reviravoltas. Ficamos surpresos... Às vezes, no caminho um pensamento nos faz dizer: -"Este é o pior momento da minha vida". Mas quer saber ? No final do caminho, das diversidades mais difíceis, o que não nos mata - nos torna mais forte.
Agora as diversidades não importam. Eis o dilema! A vida é uma jornada e não um aleatório destino. Egresso da Baixada Fluminense... Ex-Marujo...
De bem com a vida - acordado e energizado - faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens. Quem renega as suas origens, nega a si mesmo.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!


sábado, 26 de junho de 2010

ESCRITOS DE UM POETA...

Dizem por aí, através da expressão: "isso é coisa de poeta" e que por extensão um escritor vive com "a cabeça no mundo da lua" e "com o olhar no infinito" tendo o "coração nas estrelas e poucas ações terrenas".
Para mim o poeta vive por detrás de arco íris, onde existe um tesouro, que não é matéria nem ouro. Trata-se de algo, inexplicável e pulsante que eleva a patamares mais altos... Propiciando que aflorem composições regidas com a alma e com o coração.
Não importa quem somos, de onde viemos. A verdade é que independe de classe ou condição social: - Todos têm essência.
Desde o lançamento do meu primeiro livro , em 1987, o tempo passou rápido... Tudo pareceu um sonho... em 2004 ingressei na Academia de Letras e Artes do Estado do Rio de Janeiro (ACLERJ). Onde, contagiado pelo exemplo e competência dos meus pares. Além de crônicas, passei a escrever poesias.
A expressão latina: "Non ego paucis offendar maculus". Do velho Horácio não é lei que tenha caducado com as revoluções literárias: é máxima do bom senso, a qual, parece-me não deve somente incrustar-se nas cacholas daqueles que se deixarão navegar pelo fruto de suas elucubrações, mas, também, que ilumine o cérebro dos críticos quando proferirem sentenças de morte contra um poeta.
Que os poetas possam se libertar dos preconceitos, vaidades, orgulho, ambições, etc Levantando Templos à virtude, à humildade e ao altruísmo, procurando se despojar da volúpia e da euforia dos bens materiais, valorizando com suas composições escritas a tranquilidade dos bens espirituais, o belo e o amor.