Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!



quarta-feira, 7 de julho de 2010

A FÁBULA DO BURRO E DA CABRA.

A FABULA DO BURRO E DA CABRA (*)
Era uma vez um burro que caminhava por uma estrada. Ia a curtir sozinho, cantarolando e assobiando, acreditando que aquele caminho o levaria à felicidade que tanto desejava. A certa altura, o burro encontrou uma cabra que pastava na beira do caminho e que lhe perguntou:
- “Onde vais, burro?”
- “Vou em busca da minha felicidade”, respondeu ele.
- “Isso é fantástico!”, disse a cabra. “Achas que tu e eu poderíamos ir em busca da felicidade juntos?”
- “Acho que é capaz de ser uma boa ideia!”
E seguiram os dois pela estrada fora, alegremente, cantando e rindo.
O tempo foi passando e as coisas corriam tão bem entre eles que a cabra começou a fazer planos para o futuro de ambos. Falava do vestido que iria usar no seu casamento, dos filhos que iriam ter, da casa que iriam comprar. E o burro cada vez se apaixonava mais por aquela cabra, acreditando em tudo o que ela dizia. Tão iludido ficou com os sonhos e promessas de amor que ela fazia que nem se apercebeu que, a pouco e pouco, se iam desviando do caminho principal e rapidamente se perderam no meio do campo. Foi então que a cabra parou e disse:
- “Sabes burro, estou cansada. Cheguei à conclusão que estou farta de ti. Segue o teu caminho sozinho que eu vou procurar outro burro que me faça mais feliz. ”
E dizendo isto, partiu, deixando o burro na merda.
Só então o burro percebeu que, por causa da cabra, se tinha desviado do caminho da sua felicidade. Ainda hoje ele anda às voltas, tentando recuperar o tempo perdido e redescobrir a estrada por onde seguia quando conheceu aquela cabra que lhe estragou a vida e lhe partiu o coração.
Moral da história: Escolhe bem a tua companheira de viagem! Não deixes que nenhuma cabra te desvie do teu caminho com promessas de amor e sonhos de felicidade! Basta que ela encontre outro burro que tenha uma carroça melhor do que a tua e, quando deres por ti, estarás sozinho e infeliz!