Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
#FocoForçaeFé
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

"Considere como é difícil modificar a si mesmo e você entenderá quão pouca chance tem ao tentar modificar outras pessoas." - Jacob M. Braude

"Seja em você a mudança que quer para o mundo" - Ghandi´

Aos preconceituosos e aos piadistas, sugiro que olhem para si mesmos antes de julgarem os outros... Quem aponta um dedo para alguém, aponta três para si mesmo.


Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.
DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA - POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO ABAIXO...
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e alteradas com programa de edição de imagem.

PARA MEDITAR...

"OS HOMENS PASSAM, A OBRA PERMANECE!"

"GARIMPANDO AMIZADES:
PERDI MUITOS DIAMANTES ENQUANTO OCUPADO GARIMPAVA NO MEIO DE FALSAS PEDRAS PRECIOSAS."

"NÃO ME IMPORTO COM O QUE OS OUTROS PENSAM DE MIM. IMPORTO-ME COM O QUE EU PENSO E COM O QUE FAÇO. EIS UMA DAS CARACTERÍSTICAS DO MEU CARÁTER."

"NINGUÉM É OBRIGADO A GOSTAR DE ALGUÉM, MAS EXISTE UMA COISA QUE SE CHAMA: RESPEITO!"
Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços e valores. Reviravoltas. Ficamos surpresos... Às vezes, no caminho um pensamento nos faz dizer: -"Este é o pior momento da minha vida". Mas quer saber ? No final do caminho, das diversidades mais difíceis, o que não nos mata - nos torna mais forte.
Agora as diversidades não importam. Eis o dilema! A vida é uma jornada e não um aleatório destino. Egresso da Baixada Fluminense... Ex-Marujo...
De bem com a vida - acordado e energizado - faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens. Quem renega as suas origens, nega a si mesmo.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!


quarta-feira, 4 de abril de 2012

ENRIQUECER E PROSPERAR...

Enriquecer não é sinônimo de prosperar. Mais do que ter dinheiro, prosperidade significa gerar riqueza para si

Uma das principais características da sociedade moderna é a busca continua por algo. Nós todos somos presas fáceis de um conceito consumista que leva-nos a acreditar que é indispensável termos o mais novo aparelho celular, o mais moderno carro, o último e mais fino modelo de televisão. Algumas corporações, conhecendo esta nossa tão declarada tendência, alimentam em nós necessidades que nem temos. Com isso, passamos a procurar coisas que não estão presentes em nosso cotidiano, e elaborar planos para trazê-las à nossa realidade.

Com frequência, passamos a confiar nossa felicidade ao que temos e, na mesma conta, medimos nossa infelicidade pelo que nos falta. Atua ainda como agravante à nossa infelicidade, aquilo que nos falta, mas que nosso vizinho possui - esteja ele na casa ao lado, ou a milhares de quilômetros de distância.

Valor x Preço
Neste cenário, é muito fácil perder as grandes alegrias da vida e, pior, é mais fácil ainda perder também as pequenas. Assim, perdemos nossas referências de valores, substituindo-as pelas referências de preços. O resultado disso é uma tendência a avaliarmos as pessoas a nosso redor de maneira equivocada. É assim que aquele sujeito que tem uma bela carreira profissional, uma linda casa, um lindo carro e se veste com roupas de grife - mas que talvez não tenha nenhum valor moral - passa a valer mais, na nossa equivocada balança. Nesse sentido, aquele outro que, sem possuir estes atributos materiais - aos quais se pode atribuir preço - é pessoa digna, honesta, bom amigo, bom filho, bom cidadão.

O grande Rui Barbosa tem uma frase que resume este raciocínio: "de tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto", diz.

A grama do vizinho é sempre mais bonita?

Se vocês me permitirem, vou convidá-los a imaginar um jardim, o mais lindo que possam pensar. O dono do jardim em questão todo dia cuida de sua manutenção, removendo ervas daninhas, podando as plantas no tempo e na maneira certos, e empenha-se cada vez mais em descobrir meios de tornar esse espaço ainda mais bonito.

Na casa vizinha, o quintal é um amontoado de mato mal cuidado, espesso a tal ponto que é quase impossível caminhar por ele. Ervas daninhas tomaram conta do espaço, a terra é fraca e a paisagem resultante chega a repugnar. O dono deste segundo quintal evita ao máximo olhá-lo e nunca o visita, tão desagradável que é. Seu plano para resolver isto é mudar-se dali, afinal aquilo nunca será um jardim de verdade.

Com estes dois jardins em mente, fica fácil para você entender porque o primeiro dono cuida tão bem de seu jardim. Um lugar tão bonito e agradável até o inspira a trabalhar e cuidar dele. Também dá para entender porque o dono do segundo jardim já desistiu e deu a causa por encerrada. Um lugar tão inóspito quanto aquele não desperta nenhum desejo de cuidado.

É exatamente aí que está a confusão dentro de todos nós. Nós confundimos a situação. Não é verdade que o dono do primeiro jardim tem tanto cuidado porque trata-se de um belo horto. Nem tampouco é verdade que o dono do segundo jardim deixa-o minguar por ser um local desagradável.

Fazemos esta confusão todos os dias em nossas avaliações. A verdade é que o primeiro jardim é belo, porque seu dono cuida dele. A grande verdade é que o segundo jardim é feio porque seu dono é um descuidado. E mesmo que ele ganhe milhões e compre a mais bela das casas, com o mais belo dos jardins, se ele continuar desleixado, em pouco tempo casa e jardim serão também feios como o primeiro.

Dinheiro na conta bancária não significa prosperidade

Considerando-se que prosperar é um termo indicado ao desenvolvimento da pessoa, enquanto enriquecer tem a ver com o desenvolvimento da conta bancária, fica muito fácil compreender que mesmo sendo rica a pessoa não será necessariamente próspera.

Embora seja mais comum encontrar pessoas que queiram enriquecer, temos aqui o mesmo equivoco da história do jardim. Nós passamos a acreditar que a pessoa rica é necessariamente próspera, e esquecemos que é muito mais fácil enriquecer se prosperarmos antes. Ou seja, se desenvolvermos em nós capacidades de real valor e não de real preço - do que vice versa.

Vou terminar citando outro grande homem: Henry Ford. "Se o dinheiro for a sua esperança de independência, você jamais a terá. A única segurança verdadeira consiste numa reserva de sabedoria, de experiência e de competência", afirmava.

Busque prosperar mil vezes antes de enriquecer.

Por: Vicente Sevilha Jr
Bacharel em ciências contábeis e autor do livro "Assim Nasce Uma Empresa",
voltado para empreendedores que desejam abrir um negócio próprio.