Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional e dedilho os primeiros acordes em teclado Yamaha.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou.

sábado, 2 de junho de 2012

OS MEUS CABELOS...

Os meus cabelos
pretos cortados
depois pretos pintados
o tempo ofuscou.

Inegavelmente, "a marcha do tempo é inexorável."

A MARCHA DO TEMPO
(Jairo Nunes Bezerra)



À proporção que o tempo avança, caminhamos lentamente! É como
uma advertência ao nosso comportamento... E é nessa ocasião, embora
haja tentativa de omissão, perdura o desejo de regressarmos ao
passado, com o pensamento constante de que agiríamos diferentemente,
e nosso futuro seria outro. Várias ficções, até através de trabalho
cinematográfico, provaram que voltaríamos agir da mesma maneira e
o resultado é o que se nos apresenta no momento: insatisfação!
O homem é produto do meio, embora haja milhares de contestações
a isso, comprovado por resultado isolado, prevalece à dúvida, que
nos leva a crer que apenas sofremos ações! Com jocosidade, certo
escritor comentou: Se o homem fosse produto do meio e sofresse
influência deste, os donos de livrarias seriam os mais cultos de
nossa existência! Os leitores deverão ter notado a mudança brusca:
O comentário era acerca do avanço do tempo e de repente houve
a inclusão do homem produto do meio. São mudanças temporárias
e até às vezes inexplicáveis que perturbam a evolução dos
pensamentos, é quando o alvitre se faz presente.