Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
#FocoForçaeFé
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

"Considere como é difícil modificar a si mesmo e você entenderá quão pouca chance tem ao tentar modificar outras pessoas." - Jacob M. Braude

"Seja em você a mudança que quer para o mundo" - Ghandi´

Aos preconceituosos e aos piadistas, sugiro que olhem para si mesmos antes de julgarem os outros... Quem aponta um dedo para alguém, aponta três para si mesmo.


Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.
DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA - POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO ABAIXO...
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e alteradas com programa de edição de imagem.

PARA MEDITAR...

"OS HOMENS PASSAM, A OBRA PERMANECE!"

"GARIMPANDO AMIZADES:
PERDI MUITOS DIAMANTES ENQUANTO OCUPADO GARIMPAVA NO MEIO DE FALSAS PEDRAS PRECIOSAS."

"NÃO ME IMPORTO COM O QUE OS OUTROS PENSAM DE MIM. IMPORTO-ME COM O QUE EU PENSO E COM O QUE FAÇO. EIS UMA DAS CARACTERÍSTICAS DO MEU CARÁTER."

"NINGUÉM É OBRIGADO A GOSTAR DE ALGUÉM, MAS EXISTE UMA COISA QUE SE CHAMA: RESPEITO!"
Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços e valores. Reviravoltas. Ficamos surpresos... Às vezes, no caminho um pensamento nos faz dizer: -"Este é o pior momento da minha vida". Mas quer saber ? No final do caminho, das diversidades mais difíceis, o que não nos mata - nos torna mais forte.
Agora as diversidades não importam. Eis o dilema! A vida é uma jornada e não um aleatório destino. Egresso da Baixada Fluminense... Ex-Marujo...
De bem com a vida - acordado e energizado - faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens. Quem renega as suas origens, nega a si mesmo.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!


quinta-feira, 12 de setembro de 2013

É PRECISO ACREDITAR!

  É preciso acreditar!
O que anda acontecendo com nossas Autoridades Públicas?
O povo não tem mais em quem confiar, pois aqueles que são pagos para nos proteger estão contra o próprio povo. 

Agora pensem: se uma juíza é morta por condenar diversos policiais corruptos, o que será de nós, pobres mortais, que sequer temos a faculdade de escolher por escolta policial?   
A questão é bastante complicada e o problema disso tudo se encontra em nós mesmos.
Já se diziam há tempos: “Dê poder ou farda a um homem e descubra quem ele é”
Quando digo poder, é qualquer poder, seja ele grande ou pequeno, isso vai depender da pessoa, se ela se corrompe com mais ou com menos.
Há servidores que se corrompe por míseros R$ 50,00 (cinquenta reais), colocando o risco de toda uma carreira e estabilidade por tão ínfima quantia.
Entretanto, há servidores que não se corrompe por qualquer miséria, estes têm seus preços altíssimos, que poucos conseguem pagar. Talvez isso explique o porquê que eles ocupam geralmente cargos eletivos (POLITICOS), pois nessa posição é garantido que consiga auferir mais “lucro”, advindo de toda corrupção.
 
Essa semana a população do Entorno se surpreendeu com a mensagem dita pela própria Policia Civil e Militar de sua Região (Goiás), assim descrita:
“VOCÊ ESTÁ ENTRANDO NA CIDADE MAIS VIOLENTA DO PLANETA: ENTORNO DO DF”
Olha em que ponto chegamos!
De fato, isso é verdade. Infelizmente, as policiais do Entorno de Brasília não tem quaisquer investimento, seja em equipamentos, estruturas nas delegacias ou quartéis e principalmente na baixa remuneração paga aos mesmos.
Todavia, a população do “entorno” do DF não pode ficar alheia a vontade dos policiais, sendo obrigadas a viverem trancadas dentro de casa, pois sabem que na rua não terão segurança, enquanto isso, aqueles que deveriam está trancafiados numa jaula, andam livremente pela cidade sem que mau algum aconteça aos mesmos. 
Ora, é correto isso?
A falta de investimento corrobora para essa criminalização nessas cidades?
Talvez sim ou talvez não.
O problema disso tudo – volto a dizer – é apenas nosso.
A população sente receio de tudo, não abrem a boca para nada. Vêem seus vizinhos morrendo da janela de suas casas e sentem medo de denunciar a polícia. E isso, piora ainda mais a situação, pois será mais um criminoso solto na cidade, que acreditando na impunidade cometerá novos crimes. 

Mas a quem diga ou a maioria da população acredita que há impunidade no Brasil.

É talvez por um lado até tenha mesmo. Mas, podem ter certeza que a impunidade só alcança aqueles lá de cima, ou seja, os grandalhões, ou, melhor dizendo, os homens do colarinho branco. Todavia, para o restante dos pobres mortais a lei é aplicada indistintamente.
Então, se todos denunciassem os crimes que testemunharam, podem acreditar que muitas dessas cidades não seriam tão violentas como são hoje.
Olha só que contradição: Os integrantes da Polícia é o próprio povo. Esse mesmo povo que elege os políticos que também é o próprio povo. Esse povo que um dia vira político. Perceberam? É um círculo vicioso.
O fato é que, os problemas vividos hoje surgiram de nós mesmos.
Saber votar é essencial para prática da cidadania e para um país melhor. 



Ainda que a situação atual demonstre caos social, é preciso acreditar que um dia tudo isso irá mudar e viveremos num país em que todos se respeitam reciprocamente, que confiaremos em nossas Autoridades Públicas, que os criminosos serão presos e condenados por seus próprios atos, entre outras. 

Para isso, nós, meros mortais, devemos praticar no dia-a-dia a cidadania, isto que é tão simples de ser feito, mas que esquecemos com o passar do tempo.

Ser cidadão não é apenas usar a camisa da seleção brasileira e torcer por sua vitória. É algo que vai muito além disso:

1.    Ser cidadão é ser honesto.
2.    Ser cidadão é respeitar um ao outro.
3.    Ser cidadão é cuidar/limpar do seu quintal.
4.    Ser cidadão é não jogar lixo na rua.
5.    Ser cidadão é cuidar da sua cidade.
6.    Ser cidadão é dar preferência aos mais idosos, deficientes e etc.
7.    Ser cidadão é não dirigir embriagado.
8.    Ser cidadão é não usar drogas.
9.    Ser cidadão é respeitar as leis.
10. Ser cidadão é lutar para que as leis sejam aplicadas corretamente.
11.    Ser cidadão é lutar por seus ideais.
12.    Ser cidadão é lutar contra a impunidade.
13.    Ser cidadão é lutar contra a corrupção.
14.    Ser cidadão é usar de sua liberdade e se manifestar pelo bem do país.
15.    Ser cidadão é educar seus filhos.
16.    Ser cidadão é demonstrar o amor e respeito ao país durante momento cívico (hino nacional).
17.   Ser cidadão é se emocionar ao cantar o Hino Nacional.
18.   Ser cidadão é ser trabalhador.
19.     Ser cidadão é, sobretudo, amar seu país incondicionalmente.
 

  Isto é: Ser cidadão é respeitar e participar das decisões da sociedade para melhorar suas vidas e a de outras pessoas. Ser cidadão é nunca se esquecer das pessoas que mais necessitam. A cidadania deve ser divulgada através de instituições de ensino e meios de comunicação para o bem estar e desenvolvimento da nação.

A cidadania consiste desde o gesto de não jogar papel na rua, não pichar os muros, respeitar os sinais e placas, respeitar os mais velhos (assim como todas às outras pessoas), não destruir telefones públicos, saber dizer obrigado, desculpe, por favor e bom dia quando necessário... até saber lidar com o abandono e a exclusão das pessoas necessitadas, o direito das crianças carentes e outros grandes problemas que enfrentamos em nosso país.


Para que a educação para a cidadania se torne emancipatória, deve começar com o pressuposto de que seu principal objetivo não é ajustar as crianças à sociedade existente; ao invés disso, sua finalidade primária deve ser estimular suas paixões, imaginação e intelecto, de forma que eles sejam compelidos a desafiar as forças sociais, políticas e econômicas que oprimem tão pesadamente suas vidas. Em outras palavras, as crianças devem ser educadas para demonstrar coragem cívica, isto é, uma disposição para agir, como se de fato vivessem em uma sociedade democrática.
Por fim, já dizia a Coca-cola: “existe razão para acreditar que os bons são a maioria”. Então se cada um praticasse atos de cidadania, com certeza o Brasil seria melhor.