Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional e dedilho os primeiros acordes em teclado Yamaha.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou.

sexta-feira, 21 de março de 2014

POSSE NA ACADEMIA DE LETRAS DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO


No dia 20/03 tomou posse na cadeira 19 quadro I Patronímica de Nilo de Freitas Bruzzi da Academia de Letras do Estado do Rio de Janeiro – ACLERJ  - o Acad. Francisco Cesar Monteiro Gondar.
Eu lá estive.

 
 
Naquela ocasião o empossado leu:

A POESIA DE NILO  BRUZZI   “ UNICA “ CONSIDERADA A MAIS BELA
 

NO TURBILHÃO DA VIDA COTIDIANA
HÁ SEMPRE UM ROSTO OCULTO DE MULHER;
 
HÁ, NO TUMULTO DA EXISTENCIA HUMANA

ALGUÉM QUE A GENTE QUIS E AINDA QUER.
 

E NUMA SEDE DE PAIXÃO INSANA
CEGO E HUMILHADO,ACEITA OUTRA QUALQUER;

MAS, SEU INTIMO ARDOR, DE ALMA PROFANA,
PORQUE A ALMA NEM ACORDARÁ SEQUER.

 
E VÃO PASSANDO, ASSIM, UMA POR UMA,
MULHERES E MULHERES, COMO VIERAM,

SEM ,DEPOIS, DESPERTAR SAUDADE ALGUMA.
POBRE DE QUEM, COMO EU, VÊ  QUE, INFELIZ
 
TEVE TODAS AQUELAS QUE O QUISERAM

MAS NUNCA TEVE AQUELA QUE ELE QUIS.

                              NILO  BRUZZI
 
A seguir o empossado utilizando-se da  criatividade que lhe é peculiar:
Apresentou a versão marinheiro de sua autoria sobre a poesia de Nilo Bruzzi:

A “ UNICA”  VERSÃO MARINHEIRA

NAS TOMENTAS DA VIDA MARINHEIRA
HÁ SEMPRE UM ROSTO OCULTO DE MULHER
O QUE FORJA NOSSA ALMA TÃO FACEIRA
CONTEMPLANDO ALGUÉM QUE A GENTE AMA E QUER
NESSE PORTO DE PAIXÃO BEM PASSAGEIRA
NAVEGANTE DISPLICENTE, SEM DESTINO
BAIXA TERRA E ENCONTRA A COMPANHEIRA
VOLTA AO BARCO, ACALANTO FEMININA
PASSAM OS DIAS DE CONQUISTA E VAIDADE
AS VENTURAS SE CONGELAM EM SAUDADE
E AFINAL, O MARINHEIRO É FELIZ
AS GUERREIRAS DESTA SAGA NOS DISSERAM
NEM TODAS AS SEREIAS TE QUIZERAM,
MAS TENS A VIDA COM A MULHER QUE SEMPRE QUIS.
                                                            Gondar