Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!



terça-feira, 13 de maio de 2014

SOU OU ESTOU?

EU SOU OU EU ESTOU? SER É DIFERENTE DE ESTAR

SER é diferente de ESTAR.
O verbo ser é um verbo de ligação, que define uma característica permanente de um ser. Ser branco, ser negro, ser forte, ser fraco, ser profissional, ser um professor, ser um advogado, ser engenheiro, ser educado, ser gentil, ser romântico, ser honesto.
O verbo estar é um verbo irregular,, momentâneo, de mudanças no qual não há uma constância de tempo em que pode permanecer naquela situação.
SER gentil é diferente de estar gentil. Ser gentil é alguém que possui atributos de gentileza e assim o é onde estiver.
ESTAR gentil é usar momentaneamente a gentileza, mas não é gentil.
Muitos confundem esses dois verbos que não têm a mesma funcionalidade.
Então sejamos gentis, sejamos educados, sejamos honestos, sejamos humanos!
Sou honesto, logo a honestidade faz parte de meus princípios.
Sou leal, logo a lealdade está em mim.
Usemos então o verbo SER para denotar nossa felicidade, mesmo em momentos de dificuldades.
Não estou feliz. Sou feliz. SEJA! Não ESTEJA!
Seja bem humorado seja humilde, seja de caráter, seja moral!
Há momentos na vida que são difíceis e se usarmos sentimentos positivos momentaneamente, sempre viveremos na inconstância de somente estarmos felizes, depois voltamos ao ponto inicial de tristeza ou indiferença.
ESTAR – Se estamos educados, voltaremos a ser deselegantes, usando o dito popular: “Trato as pessoas como elas me tratam” isso é estar à mercê do humor de outrem.
Em momentos difíceis como esse costumo impor-me um questionamento, uma adaptação que fiz da frase do grandioso Shakespeare: “Ser ou estar, eis a questão”, forçando-me sempre a mesma resposta, que diz assim:
- Você não é isso, apesar de estar sendo neste momento! - o “ó do borogodó”. É só uma fase, como tantas outras que você já passou!
SER – “Trato as pessoas de maneira como eu gostaria de ser tratado” É ser o que você é, indiferente da posição de alguém.
Influencie o ambiente positivamente com o seu  “SER” e não seja influenciado com o clima do momento, com pessoas que só  “ESTÃO” e não SÃO. SEJA e não ESTEJA