Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
#FocoForçaeFé
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

"Considere como é difícil modificar a si mesmo e você entenderá quão pouca chance tem ao tentar modificar outras pessoas." - Jacob M. Braude

"Seja em você a mudança que quer para o mundo" - Ghandi´

Aos preconceituosos e aos piadistas, sugiro que olhem para si mesmos antes de julgarem os outros... Quem aponta um dedo para alguém, aponta três para si mesmo.


Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.
DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA - POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO ABAIXO...
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e alteradas com programa de edição de imagem.

PARA MEDITAR...

"OS HOMENS PASSAM, A OBRA PERMANECE!"

"GARIMPANDO AMIZADES:
PERDI MUITOS DIAMANTES ENQUANTO OCUPADO GARIMPAVA NO MEIO DE FALSAS PEDRAS PRECIOSAS."

"NÃO ME IMPORTO COM O QUE OS OUTROS PENSAM DE MIM. IMPORTO-ME COM O QUE EU PENSO E COM O QUE FAÇO. EIS UMA DAS CARACTERÍSTICAS DO MEU CARÁTER."

"NINGUÉM É OBRIGADO A GOSTAR DE ALGUÉM, MAS EXISTE UMA COISA QUE SE CHAMA: RESPEITO!"
Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços e valores. Reviravoltas. Ficamos surpresos... Às vezes, no caminho um pensamento nos faz dizer: -"Este é o pior momento da minha vida". Mas quer saber ? No final do caminho, das diversidades mais difíceis, o que não nos mata - nos torna mais forte.
Agora as diversidades não importam. Eis o dilema! A vida é uma jornada e não um aleatório destino. Egresso da Baixada Fluminense... Ex-Marujo...
De bem com a vida - acordado e energizado - faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens. Quem renega as suas origens, nega a si mesmo.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!


domingo, 25 de novembro de 2012

DOMINGO...

Domingo...
Por: ALESSANDRA LELES ROCHA





Quase em regime de consenso o domingo tem sempre uma carinha melancólica, com ares de preguiça, de vontade se entregar ao mais completo ócio. É! O primeiro dia da semana não nos passa uma empolgação esfuziante e, talvez, seja por isso que o restante se torne tão difícil de levar!
Domingo é o único dia da semana que nos transmite a sensação de domínio sobre os ponteiros do relógio. Podemos dormir até mais tarde. Podemos realizar as refeições fora de hora. Podemos escolher a rotina que melhor nos satisfaça. No domingo nós podemos...!
Mas, valsando nos seus ares, podemos sim desfrutar de momentos particularmente interessantes. Seja sob a moldura de um lindo dia de sol ou de pingos d’água desenhados por conta própria na vidraça embaçada, uma inspiração, quase inconsciente, nos toma pelas mãos a divagar.
A quietude do ambiente – menos carros, menos barulho, menos gente – agita o nosso interior. Na televisão a programação de domingo não inspira muito o despender da nossa atenção. Então, pensamentos... muitos, variados, coloridos ou não, surgem para nos fazer companhia. Numa fusão impensada o ontem, o hoje e o amanhã parecem uma coisa só; tal qual se o tempo não tivesse a força e a coragem de jamais parar.
Domingo é dia de buscar a vida no fundo baú; um flashback de emoções e sentimentos. Dia das trilhas sonoras, das fotografias, dos filmes, das pessoas que estiveram, ou ainda estão, nos ajudando a escrever nas paginas das lembranças milhares de historias. Dia de rejuvenescer a alma através da energia que emana de todas as experiências acumuladas. Dia para rir ou chorar; mas, sobretudo, para se encontrar consigo mesmo. Nada de solidão! Do sombrio peso de estar só!
O convite que o domingo nos faz é para o desfrute do prazer indescritível oriundo da própria companhia. Aquele bom dedo de prosa com os próprios botões, entende?! Praticamente um balanço semanal da vida, a contabilidade existencial dos lucros e prejuízos; ora de refazer os planejamentos, selecionar as prioridades, estabelecer novas metas e delimitar os riscos. É! São tantas variáveis a nos ocupar, que nem sobra espaço para quaisquer investidas da solidão; afinal, domingo também é dia para estar com aqueles que queremos tão bem. Perto ou longe, não importa! A geografia não é desculpa para distanciamentos!
Portanto, a semana se inicia sempre nos conclamando ao exercício do equilíbrio, do resgate ao que nos é de fato importante. Por isso, o domingo é um dia atípico! Precisamos das suas diferenças marcantes para chamar a nossa atenção e nos envolver; a pausa que antecede a todos os veredictos. Desse modo, os domingos não se arrastam como fardos pesados; passam breves, suaves e até com gostinho de quero mais para aqueles que sabem extrair as suas sutis entrelinhas. Carpe diem!