Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e alteradas com programa de edição de imagem.
As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!



domingo, 16 de dezembro de 2012

CONTROVÉRSIA






No mundo moderno desenvolver a capacidade de ficar bem sozinho é fundamental. É uma condição essencial para o pleno exercício da autonomia pessoal cuja finalidade é alcançar nova visão do amor.
Como o desenvolvimento individual se processa através  da mudança interna mister se faz a percepção das próprias singularidades do prazer de estar só.
Quando se perde o medo de ser e estar  só – se percebe que não ter um par não significa necessariamente solidão.
Sempre que me proponho escrever sobre tal  tema, não deixo de acrescentar e reconhecer pertencer ao tempo pretérito Alguém dirá estranha interpretação... Eu, pedindo   vênia, transcrevo: "Mais louco é quem diz que não é feliz." (Balada de Louco de Arnaldo Baptista e Rita Lee, na interpretação  de Ney Matogrosso.
A desorientação social que marca a vida atual, pós-industrial  e, se tal não bastasse, a independência da mulher, resultaram na incapacidade dos seres humanos  de traçar as coordenadas  para definir com lucidez o porto de atracação de uma felicidade na solidão.
Com o origem  comportamental em o outros tempos... Não posso perder a confiança em mim mesmo e na pessoa com quem compartilho mais de 50 anos de relacionamento.
Então, qual o segredo para que no mundo moderno possamos comemorar Bodas? Acredito que o segredo reside no respeito às individualidades de cada um e a disposição de não querer fazer o outro como desejássemos que fosse.
Finalizando no mundo moderno não ter um par significa estar inteiro, ser completo.
Mas de onde vem tal ideia?