Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!



segunda-feira, 20 de outubro de 2014

DIA DO POETA


Recebi mensagem eletrônica do Leitor e Amigo Carlos Luiz da Silva. Agradecido, "mutatis mutandis",  entendo que o teor aplica-se a todo e qualquer Poeta.

20 DE OUTUBRO DIA DO POETA
21 DE MARÇO  DIA MUNDIAL DA POESIA
Eis o texto enviado, via mensagem eletrônica, por Carlos Luiz da Silva:

O Pintor de Letras

      Esquecer é a pior forma de fazer desaparecer. O poeta pode morrer, mas se guardarmos a memória de sua vida poética, de alguma forma ele sobrevive. Porém, se todos esquecem, então, ele morre definitivamente. Toda poesia é arte, todo verso, imortalidade.

    Frases que emocionam rimas que dão vida a um personagem, sonhos que trazem dentro da alma quimeras que poetizam, e a nostalgia na canção poética que um dia só nos faz sonhar. Mistura de emoção, uma forma de traduzir o coração.

   “Eu, Poetificando...” é uma obra que repousa nos recantos da alma, leva-nos a desejar ser bons, despe-nos da roupagem antifraternal e arrebenta o invólucro colorido que outrora encobria nossa consciência moral. Em certo momento, fez desmoronar nossos hábitos infraternos, colaborando com as meninas do Instituto Macedo Soares, pois o verdadeiro cristão sabe que, no vasto corredor do Instituto, escorregam lágrimas secas que corroem corações ainda jovens, espalhando mágoas ao vento.    

    O dia amanhece com raios de sol iluminando o que de bom tens a fazer. Na praia, cada onda que bate, um sonho se esvai... Sopra o vento, uma folha que cai, um sentimento se esvai... Esperança mantida, presença de planos, desejos e vontades. Fechai os olhos, ao redor tudo inspira; abra os olhos, o que vês? Mar imenso, poder infinito, eis o arco-íris querendo dizer: “Acredite!”. Você faz parte desta manhã bonita.

      Burity, Pintor de Letras em uma aquarela tingida; pinta a entrada do cais, desembarca nos portos da vida e, na madrugada despida, é o poeta dos sonhos, dos oceanos, dos mares e da vida.