Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional e dedilho os primeiros acordes em teclado Yamaha.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

MAHATMA GANDHI

10 curiosidades sobre Mahatma Gandhi
 
 
1. Em 1888, Mohandas Karamchand Gandhi, conhecido como Mahatma ("grande alma" em sânscrito), foi para Londres estudar Direito. Voltou para a Índia em 1891, onde exerceu a advocacia. Dois anos depois, partiu para a África do Sul, país então sob o domínio inglês. Sentindo-se discriminado, deu início ao movimento pacifista que lutava pelos direitos hindus. Foi lá que desenvolveu uma forma de ação baseada nos princípios da coragem, da não-violência e da verdade, que chamou de satyagraha ("verdade-força" ou "resistência não-violenta").

2. Retornou a seu país em 1914 e começou a difundir suas ideias pelos direitos dos trabalhadores, e contrárias ao domínio britânico, sempre pregando a não-violência como forma de luta. Esse método de resistência pacífica sempre foi usado na luta de Gandhi pela independência da Índia e nas reivindicações de reformas sociais. Logo tornou-se líder do movimento nacionalista hindu.

3. Em 1922, organizou uma greve contra aumento de impostos e, durante as manifestações, pessoas queimaram um posto policial. Gandhi assumiu a culpa e foi condenado a seis anos de prisão, mas só cumpriu dois anos de pena. Ele foi preso pela última vez em 1942. Ao todo, Gandhi ficou sete anos na prisão por causa de suas atividades políticas e desobediência civil, que incluíram boicote a produtos britânicos e recusa ao pagamento de impostos.

4. Na Marcha para o Mar, realizada de Ahmedhabad para Dandi, em 1930, o líder foi seguido por milhares de pessoas. Andaram 320 quilômetros até o mar para protestar contra os impostos cobrados sobre o sal.

5. Em 1947, a Inglaterra proclamou a independência da Índia. No entanto, os muçulmanos reivindicavam a criação de um estado independente, o Paquistão. A divisão gerou violentos conflitos entre hindus e muçulmanos e, apesar de Gandhi ser a favor da convivência pacífica entre os dois povos, acabou aceitando a criação do Paquistão. Isso atraiu o ódio dos nacionalistas hindus.

6. No dia 30 de janeiro de 1948, em Nova Déli, Gandhi foi assassinado com três tiros por Nathuram Godse. Ele era ativista da Rashtriya Swayamsevak Sangh, organização da extrema-direita nacionalista hindu que temia a tolerância de Gandhi em relação a outros credos e religiões.


7. Na época em que foi assassinado, Gandhi só conseguia sair de casa amparado por parentes, que carinhosamente chamava de "minhas muletas".

8. O ex-primeiro-ministro britânico Winston Churchill costumava chamar Gandhi de "faquir despido". O físico Albert Einstein era um de seus grandes admiradores.

9. Gandhi discordava do ato de matar animais para obter alimento ou suas peles.

10. A revista Time o elegeu a terceira maior personalidade do século 20. Antes dele, vinham apenas Albert Einstein e Franklin Roosevelt.