Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional e dedilho os primeiros acordes em teclado Yamaha.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou.

sábado, 29 de outubro de 2016

AMIGO



         
           egundo o dicionário Aurélio, AMIGO - "é estar ligado a outrem por laços de amizade". Infelizmente, nem sempre sabemos conduzir uma amizade... Amizade que tal qual as flores murcham. Como é difícil  alimentar uma amizade.
No mundo moderno quem está amigo não é amigo... Na modernidade Amigo é aquele de quem podemos tirar proveito.        
          ecentemente um amigo solicitou-me um favor. Fui aconselhado não atende-lo. E não o atendi. Sabem o que o tal fato gerou? A nossa amizade foi para o "brejo". Naquela época consultei o dicionário para verificar o significado do meu sobrenome "buriti", encontrei como sendo uma palmeira (mauritia vinífera). Caso eu tivesse atendido aquele pedido teria me transformado em "laranja".         
       á períodos em que me afasto, por  motivos particulares, de alguns amigos. Mesmo assim eles estão presentes na memória e nas orações. O caminho do trem da vida às vezes me conduz ficar até contra os interesses de uma sincera amizade.
         
      lado   obscuro do amigo é que o "interesse", algumas vezes, passa a ser o fator mandatório nas amizades. Palavra malditosa: interesse. O fato é que ser amigo gera amizade... Amizade é escolha... Escolha é sentimento... Sentimento é adrenalina... Adrenalina completa o "mix", alterando  o conjunto do racional e do emocional.

        
        ara entendermos um amigo, o emocional não deve sobrepujar o racional. Caso contrário além de arcarmos com as consequências  e ônus do impensado gesto, ainda, perderemos o amigo.
    
    
 uito embora Amigos sejam aqueles de quem se espera e exige-se perfeição, mesmo sob o risco de tornarem "antagônico" temos o direito de não atende-los...


Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça.
No sucesso, verificamos a quantidade e  na desgraça a qualidade.
Confúcio
Nasceu em 551a.C - Faleceu em 479 a.C
Não deixou nenhuma obra escrita, mas seus discípulos coletaram pequenos provérbios do mestre, além de diálogos com ele, e os reuniram em um texto intitulado “Os Analectos”.