Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

"Ninguém é igual a ninguém. Todo o ser humano é um estranho ímpar." (Carlos Drummond de Andrade)

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Filiado a International Writers Association

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e formatadas com programas "freeware".


ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.

ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA.
ALGUNS LIVROS DE MINHA AUTORIA - DOWNLOAD? POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO.
As pessoas passam, as obra permanecem. Ninguém é obrigado a gostar de alguém, mas existe uma coisa que se chama: respeito. Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços... Valores... Reviravoltas... No final do caminho, as diversidades mais difíceis, não nos matam - nos tornam mais forte.
Estou de bem com a vida... Faço do escrever a minha terapia ocupacional e dedilho os primeiros acordes em teclado Yamaha.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou.

segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

DIVULGAÇÃO...

2018 – transforme em ação

Por Alessandra Leles Rocha
 
 
Ok. Mais uma vez o ciclo se repete. Os primeiros passos rumo ao novo ano já foram dados. Mas, onde está a euforia, a lista de planos, os sonhos e tudo mais que fazia parte desse movimento anual? Parece que estamos mais contidos dessa vez, não é mesmo?
Não consigo precisar até que ponto esse “pé atrás” seja bom ou ruim; mas, esse despertar de consciência é sim, um indicativo da nossa evolução humana, no que diz respeito ao nosso velho e bom instinto de sobrevivência da espécie.
Depois de tantos anos, tantos espumantes brindados, tantos votos e promessas de felicidade, finalmente nós estamos entendendo que por detrás de tudo isso está à força das nossas ações, dos nossos trabalhos, do nosso querer.

Continuar lendo...

http://alrocha-antenacultural.blogspot.com.br/2018/01/2018-transforme-em-acao.html