Sou mais um entre tantos...

Sou mais um entre tantos...
#FocoForçaeFé
A FILOSOFIA E A MISSÃO DESTE BLOG INCLUI A DIFUSÃO DA CULTURA E A UTILIDADE PÚBLICA.

"Cada pessoa, por si só, promove a sua indispensável transformação interna, transmutando o pesado chumbo do seu emocional, no ouro reluzente da Evolução Mental."

"Considere como é difícil modificar a si mesmo e você entenderá quão pouca chance tem ao tentar modificar outras pessoas." - Jacob M. Braude

"Seja em você a mudança que quer para o mundo" - Ghandi´

Aos preconceituosos e aos piadistas, sugiro que olhem para si mesmos antes de julgarem os outros... Quem aponta um dedo para alguém, aponta três para si mesmo.


Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade
Fé Esperança Caridade - Virtudes chamadas teologais porque têm a Deus por objeto de modo imediato. Pela fé nós aderimos ao que Ele revelou; pela esperança tendemos a Deus apoiando-nos em seu socorro para chegar a possuí-Lo um dia e vê-Lo face a face; pela caridade amamos a Deus sobrenaturalmente mais do que a nós mesmos. A minha Fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas basea-se na certeza de que Ele fará por mim tudo o que preciso.

Fé Esperança Caridade

Fé Esperança Caridade

Verbete Wikipédia

Verbete Wikipédia
Verbete Wikipédia

O BRASÃO

O BRASÃO
Visite o blog do Barão de Burity clicando no Brasão.
Meus livros são minha essência.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.

DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA.
DOWNLOAD LIVRO DE MINHA AUTORIA - POR FAVOR, CLIQUE NO TÍTULO ABAIXO...
CRÉDITO DE IMAGENS
Algumas obtidas na internet e alteradas com programa de edição de imagem.

PARA MEDITAR...

"OS HOMENS PASSAM, A OBRA PERMANECE!"

"GARIMPANDO AMIZADES:
PERDI MUITOS DIAMANTES ENQUANTO OCUPADO GARIMPAVA NO MEIO DE FALSAS PEDRAS PRECIOSAS."

"NÃO ME IMPORTO COM O QUE OS OUTROS PENSAM DE MIM. IMPORTO-ME COM O QUE EU PENSO E COM O QUE FAÇO. EIS UMA DAS CARACTERÍSTICAS DO MEU CARÁTER."

"NINGUÉM É OBRIGADO A GOSTAR DE ALGUÉM, MAS EXISTE UMA COISA QUE SE CHAMA: RESPEITO!"
Nunca sabemos onde a vida nos levará. Tropeços e valores. Reviravoltas. Ficamos surpresos... Às vezes, no caminho um pensamento nos faz dizer: -"Este é o pior momento da minha vida". Mas quer saber ? No final do caminho, das diversidades mais difíceis, o que não nos mata - nos torna mais forte.
Agora as diversidades não importam. Eis o dilema! A vida é uma jornada e não um aleatório destino. Egresso da Baixada Fluminense... Ex-Marujo...
De bem com a vida - acordado e energizado - faço do escrever a minha terapia ocupacional.
Acima de tudo agradeço a Deus por tudo que tenho e sou. Não há como renegar as minhas origens. Quem renega as suas origens, nega a si mesmo.
Servir à Marinha:
Uma visão!
Um sonho!
Uma vida!


sábado, 2 de maio de 2009

BROMANCE...

Imagem obtida no link:

Bromance - se o assunto existe no cinema e na televisão qual razão para não fazer parte do dia a dia.
Em 2003 no livro "Fatos e Reflexões..." abordei o tema O QUARTO SEXO – apliquei em alusão ao termo metrossexual cunhado em referência à dependência metropolitana que acomete alguns homens que incorporam algumas características. São homens que gostam de roupas caras, usam produtos de beleza, pintam as unhas, fazem depilação e limpeza de pele. Referi-me ao homem vencendo resistências e preconceitos. Algo como o libertar do caricato machismo. Terminei com o alerta:
- Espantado? Reveja os seus conceitos. Os metrossexuais são heterossexuais. Acredite! Dizem que não são gays.

Em 2008 no livro "Uma Conversa Diferente" apesar das anteriores rijas cacheiradas dos críticos trouxe o termo übersexual - a ressurreição do exemplar masculino mais cobiçado pelas mulheres- um homem sensível, mas não muito idoso na medida certa e, inequivocamente heterossexual, dotado de características masculinas mais positivas como: decisão, imparcialidade, sem a insegurança comum aos dos dias de hoje.

Pois bem, no dia 21 de abril de 2009, assisti no Cine Iguatemi EU TE AMO, CARA. O filme é uma comédia que começa com um pedido de casamento... depois nos deparamos com uma cena de desculpa... e com alguém que tem mais facilidade de relacionamento com mulheres do que com homens e que é uma justificativa para a dificuldade de escolher um padrinho para o casamento. Várias tentativas frustradas de fazer novas amizades torna possível conhecer um cara simples que vive sem preocupações e só se importa em se divertir. De cara, essa estranha amizade é um choque, mas rola uma “química” entre os dois e eles continuam saindo juntos e se falando. Eis, pois o ponto forte do filme: uma amizade que nasce e vai crescendo entre os personagens mostrada de uma forma que se pode comparar com um relacionamento amoroso. Algumas cenas/situações são fontes para boas piadas. Não há necessidade dos atores fazerem algo engraçado, o filme é engraçado por si próprio.
Tendo recebido a revista "Veja" de 29 de abril pp eis que encontro na página 130 - diretamente ligado ao filme Eu Te Amo, Cara - o termo BROMANCE definido como o amor intenso, não gay, entre homens heterossexuais que segundo o jornalista Dave Carnie descreve a peculiar amizade que surgia entre skatistas que conviviam estreitamente e cresciam junto em razão dos treinos e torneios, a palavra é uma contração de brother, ou irmão, e romance. Faz parte do vocabulário corrente inglês, e não só por ser um achado etimológico: o bromance hoje está em toda parte, e já se tornou um grande tema da cultura pop.

Para apimentar o assunto quanto ao bromance, eis a definição encontrada na internet:
From Wikipedia, the free encyclopedia
Jump to: navigation, search
For the MTV reality series, see Bromance (TV series).
A bromance or "man-crush" is a close but non-sexual relationship between two men, a form of homosocial intimacy.[1] Coined in the 1990s, the term has historically referred to a relationship between heterosexuals, but the term has gained currency in describing such relationships when one of the men is gay.

Terminando passo a palavra ao leitor com a seguinte pergunta:

- Será que o filme Eu Te Amo, Cara é a culminação de uma tendência?

Voltando aos idos de 2003 e atualizando o alerta:

- Espantado? Reveja os seus conceitos. Acredite! No bromance eles fazem tudo junto – menos sexo.